mvp

MVP: tudo que você precisa saber para validar sua ideia

MVP (mínimo produto viável) é uma estratégia para evitar gastos com desenvolvimento de um produto que não está muito bem definido. A ideia é desenvolver rapidamente um conjunto mínimo de recursos, que seja suficiente para implantar e testar com um público, analisando as interações entre os clientes e o produto desenvolvido.

SegundoEric Ries, famoso empreendedor do Vale do Silício, o MVP é a versão mínima de um produto que permite uma equipe recolher o máximo de aprendizado, validados sobre os clientes, com o menor esforço e investimento possível.
Com o passar do tempo e a popularização do MVP, sua definição foi se simplificando, ficando definida da seguinte forma:

“A menor coisa que você possa desenvolver, que permita rapidamente implementar o seguinte ciclo:
mvp

Vale ressaltar que o objetivo do MVP é validar se a ideia proposta atende a um nicho de clientes específico, ou seja, se alguém se interessa pelo que você está desenvolvendo. Diante disso, podemos identificar 4 tipos de Mínimo Produto Viável que você pode utilizar para testar e validar sua ideia.

Conheça os 4 tipos de MVP

Protótipo

É o mais conhecido dos MVPs e implica no desenvolvimento do produto de fato. Fundamental para testar em um ambiente real, analisa a usabilidade e como o público reage ao seu produto.

A principal desvantagem em relação aos outros tipos de Mínimo Produto Viável é o investimento tecnológico e de pessoas para desenvolver e implantar o produto.

mvp prototipo da apple
MVP Protótipo criado pela Apple

Mágico de OZ

Aparentemente para os usuários é o produto real, porém seu processo e suas funções são realizados de forma manual.

Por esse motivo, a escalabilidade é limitada. Contudo, possibilita avaliar o custo do processo e como os usuários interagem com o produto.

Um exemplo famoso de MVP mágico de OZ é o aplicativo EasyTaxi, que no inicio de seu funcionamento os sócios ligavam para os táxis para completar o processo, realizando assim, para cada pedido de táxi no aplicativo, uma chamada.

easy-taxi-mvp
MVP Mágico de Oz: Aplicativo Easy Taxi.

Fumaça

Uma simples campanha ou uma landing page anunciando o produto  pode ser suficiente para identificar se há um público interessado e qual é a reação das pessoas. A principal vantagem é o baixíssimo custo. Em contra partida, você cria a possibilidade de uma empresa desenvolvê-la de fato antes de você.

Concierge

Estratégia focada em angariar os primeiros clientes para sua startup. O principal objetivo é fornecer um atendimento estilo “concierge”, impecável, buscando suprir todas as carências e corrigir os problemas encontrados de imediato. Esse tipo, não possibilita um crescimento em grande escala, mas é ideal para ajustar a ideia e definir os processos.

3 dicas para ter um MVP de sucesso

Então como construir um MVP de sucesso sem gastar todo o seu capital? Vamos dar uma olhada.

1# Faça uma pesquisa de mercado

A maior parte dos empreendedores que querem lançar um produto chegam até nós sem fazer uma pesquisa apropriada de mercado. Eles vem sem fazer duas perguntas a si mesmos:

  • Porque eu preciso desse produto? E
  • Como ele pode me ajudar?

Essas respostas os ajudarão a criar um produto melhor para futuros clientes. Mas eles nunca perguntam.

Eles também falham em fazer uma pesquisa dos seus competidores. Pode parecer óbvio para alguns, mas a grande maioria não conduz uma análise de concorrentes para saber se existem produtos similares no mercado.

Mesmo que não haja um concorrente direto, sua fé na exclusividade do produto não é suficiente para trazê-lo ao mercado.

A análise da concorrência é necessária, ou então seu MVP não terá o impacto que você deseja ter.

2# Liste todos os recursos que você deseja implementar e quais virão numa fase futura.

É importante priorizar os recursos que você deseja implementar em seu MVP. Antes de construir um MVP, liste todos os recursos que você acha que são bons de se ter.

Tendo uma lista pronta para priorizar, faça algumas perguntas a si mesmo como:

  • Qual ação você deseja que os usuários realizem utilizando o seu produto?
  • Que mais recursos eu gostaria de adicionar para tornar o produto mais eficiente em fases futuras?

Antes de pedir a um desenvolvedor para trabalhar em no MVP é importante separar os recursos em categorias como “essencial”, “seria bom ter” e “tanto faz” – Só então peça a seu time de desenvolvimento para começar. Fazer isso reduzirá significativamente a chances de falha.

3# Não gaste seu budget em todas as plataformas

Se não todas, a maioria das startups são bootstrapped ou tem investidores. O investidor anjo pode até ter fé no produto e concordou em iniciar a startup. Mas ter capital não significa que você tem que desenvolver produtos em várias plataformas.

Muitas startups que vem até nós para construir um aplicativo web ou mobile, desejam desenvolver em todas as plataformas.

Se o seu MVP falha, pode não sobrar muito capital para começar de novo. Então é melhor que seu MVP funcione apenas em uma unica plataforma para começar.

O quão “Minimum” deve ser seu MVP?

Bem, um verdadeiro MVP deve entregar um produto mínimo, ainda que valioso, e deve-

  • Servir para pelo menos um tipo de público específico
  • Aborde pelo menos um problema importante
  • Ter um bom design da experiencia de usuário
  • Ser fácil de construir e lançar rapidamente

Se o seu MVP não entregar nenhuma dessas características – Então não há nenhum “minimum” nem valor que o torne viável.

Por quanto tempo devo utilizar o MVP?

Talvez a decisão mais difícil não seja qual tipo utilizar, mas sim, quanto tempo utilizar.

Antes de embarcar nesse fantástico mundo é importante definir algumas metas a serem alcançadas que comprovem o sucesso do MVP. Selecione indicadores que comprovem a viabilidade do projeto e oriente suas estratégias a eles.

Ficou interessado no assunto? Que tal colocar em prática a sua ideia e desenvolver um MVP?

Nós podemos te ajudar! Entre em contato.


  • Conrado Carneiro
  • Diretor de Negócios
  • Diretor de negócios na Usemobile atua diretamente na criação de produtos: Da ideia ao lançamento. Apaixonado por tecnologia, tem como hobby o estudo de UI/UX mobile. Atleticano por opção! "As pessoas vêem aquilo que elas querem ver"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *