Como planejar as telas de um aplicativo: passo a passo

Desenvolver um aplicativo não é uma tarefa fácil, além de pensar em como vai ser o Marketing do aplicativo, as funcionalidades e o modelo de negócios, você terá que planejar as telas do aplicativo. O wireframe (nome que se dá ao esboço das telas) é onde você pensa no fluxo do usuário, uma parte importante para experiência do usuário.

Caso mal planejado, o fluxo pode se tornar confuso e as pessoas não conseguirão usar seu aplicativo da forma correta o que pode acarretar na saída dos usuários do seu aplicativo.

Por isso, nesse post iremos ensinar o passo-a-passo de como planejar as telas de um aplicativo.

O que é wireframing ou planejamento das telas do aplicativo?

Se você é novo no conceito de wireframing, vamos resolver esse mistério para você primeiro. Wireframing é como um modelo de tela ou um esquema de página que é criado como um guia visual para nos ajudar a estabelecer a estrutura do esqueleto de um aplicativo/site.

Esse é um conceito amplamente conhecido para web design que recentemente foi adaptado para o design de aplicativos. Resumindo, é um esboço das telas e como elas vão se comunicar entre si. Ele não desenha ou projeta o aplicativo, mas mostra como funcionará de maneira simples.

Se você já viu um projeto de construção, provavelmente verá projetos arquitetônicos criados antes do início do processo de construção. É exatamente o que um wireframe faz para desenvolver um aplicativo para dispositivos móveis.

O que um bom wireframe deve mostrar?

Um bom planejamento das telas do aplicativo mostrará as seguintes características:

  • Como o Conteúdo será apresentado e priorizado
  • Distribuição de espaço
  • Ações planejadas
  • Recursos e funções disponíveis
  • Transições entre telas

Criar um wireframe é como criar um mapa mental de etapas e procedimentos sobre como começar um desenvolvimento de aplicativo móvel. Ele fornece uma ideia clara sobre a hierarquia de conteúdo, categorias de objetos, elementos de tela, ações possíveis e elementos visuais da marca. O que você não deve esperar neste modelo inclui cores, elementos de design, fontes, imagens reais e logotipos.

Como planejar as telas de um aplicativo passo a passo

Agora que você já sabe o que é o wireframing, vamos te ajudar com o planejamento em um guia passo a passo para um excelente planejamento das telas do seu aplicativo.

1 – Saiba o que você está desenvolvendo

Hoje em dia, é comum esperar que um app seja fácil de usar. Com apenas alguns toques, você consegue ter acesso a todas a funcionalidades que ele oferece. Mas, apesar desses fatores nos levarem a crer que a criação de um projeto de UX móvel será fácil, a verdade é outra.

Se você deseja oferecer uma ótima experiência do usuário, deve fazer um grande esforço para garantir que seja fácil de usar. Primeiramente, nem considere a estética do design por enquanto. As cores, fonte e outros elementos do design podem ser cuidadas mais tarde. Concentre-se nos aspectos mais integrais do seu design.

São considerados aspectos importantes recursos como:

  • Bate-papo
  • Barra de pesquisa
  • Links de mídia social clicáveis
  • Entre outros

Deve-se ter um entendimento claro dos recursos necessários em seu produto final. Faça uma lista e inclua todas as coisas que você realmente precisa no aplicativo. Tal prática pode facilitar o gerenciamento do processo de planejamento das telas.

Em suma, pense qual será o destino dos usuários dentro do app e se concentre num roteiro que os leve lá.

2 – Foque na experiência do usuário (UX)

Seus esforços devem ser focados na UX. Qual é a primeira coisa que os usuários verão depois de lançar seu aplicativo? Como essa tela os guiará para navegação adicional? Como os usuários podem realizar ações específicas? Será mais fácil para eles se descobrirem?

A experiência do usuário pode ser abstrata e complicada. Pois, assim como grande parte das tecnologias a UX também está evoluindo em ritmo tremendo. Você pode não conseguir tudo o que deseja oferecer com seu aplicativo. Neste segundo passo você tem que entender que mesmo conceitos amplos possuem limitações.

A UX é sobre entender o seu público, criando uma experiência relevante para ele. Em projetos tão grandes quanto um aplicativo móvel, é fácil se deixar levar e fugir do foco que é o seu público. Criar um wireframe não significa que você criará o app inteiro a partir do zero. Significa apenas destacar as funções básicas do seu aplicativo para que os usuários possam interagir com ele e entendê-lo.

3 – Busque por inspiração

Você pode encontrar facilmente muitos modelos de design UX para começar. Isso dá a você a oportunidade de ver o trabalho dos outros e usá-lo como inspiração. Você sempre pode mudar as coisas, adicionar sua própria criatividade e torná-la relevante para o seu aplicativo para criar algo totalmente novo. Tudo que você precisa é pesquisar através da variedade de modelos existentes para obter exatamente o que deseja.

4 – Construa seu Wireframe

Existem diversas opções para criar seu design de aplicativo. Você pode fazer isso online ou manualmente. Você pode usar um papel grande ou um quadro branco para criar diferentes páginas de aplicativos, uma por uma, e esboçar o wireframe.

Existem opções para fazer o seu wireframing on-line onde você terá o mesmo trabalho com menos esforço. Além disso, essas ferramentas gratuitas garantem que não haja custo adicional associado ao seu processo de wireframing.

5 – Coloque para funcionar

O próximo passo para garantir que seu wireframing funcione perfeitamente é prototipá-lo. Isso irá atualizar instantaneamente o seu trabalho de caixas de texto simples que você levou dias para criar. A prototipagem é o processo em que você conecta todas essas caixas para ver se o seu wireframe está funcionando. Por exemplo, conectar imagens e botões específicos a seus menus suspensos, recursos, páginas de destino etc.

Assim como o wireframe, a prototipagem é uma ferramenta essencial que ajuda a identificar pontos cegos e falhas ocultas. Ele permite que você corrija os erros de design antes de apresentar o projeto final de wireframe.

6 – Apresente sua ideia

Você está satisfeito com os resultados do protótipo? Você se deu um tapinha nas costas pelo maravilhoso trabalho que fez? Se sim, é hora de apresentá-lo aos seus gerentes e clientes para que o processo real de criação de aplicativos possa começar. Esteja preparado para justificar suas decisões e idéias.

O planejamento das telas de um aplicativo é essencial?

O wireframing definitivamente desempenha um papel importante durante o processo de desenvolvimento do seu aplicativo. Você pode ignorar totalmente essa etapa, mas isso afetará seu planejamento e organização no longo prazo.

Aqui estão algumas das principais razões pelas quais você deve pensar em um wireframing:

  • Ele dá uma ideia clara de como o produto final será produzido.
  • Ele destaca funções, recursos e elementos básicos de design.
  • Facilita os processos envolvidos no desenvolvimento de aplicativos.
  • As transições do projeto parecem claras e lógicas.
  • É mais barato porque você pode simplesmente transferir esse blueprint para os desenvolvedores de aplicativos e começar o trabalho.

Lembrando que tudo isso se trata de um esboço do que seu app será. Se você não possui experiência em criação de fluxo de telas, ou mesmo em criação de aplicativos recomendamos a busca de profissionais para ajudá-lo.

A Usemobile conta com diversos profissionais experientes na área de experiência do usuário. Se você possui um projeto de aplicativo e procura alguém para desenvolvê-lo entre em contato conosco!


  • Vitor R. Galante
  • Gerente de Marketing
  • Viciado em novas tecnologias, adoro e me entusiasmo com novidades. Escrever artigos sobre os mais diversos temas tecnológicos me traz paz de espirito. Morar, trabalhar e estudar em Ouro Preto me fez entender que tradição e inovação podem sim andar juntas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *