Marketing para aplicativos: 60 dicas para o sucesso

Muitas empresas focam seus recursos e esforços no desenvolvimento de um aplicativo. Ainda que exista o pensamento comum de que “nosso app será a solução definitiva do problema dos nossos clientes e, por consequência, se venderá sozinho”, a confiança na força do seu produto acaba sendo um tiro no próprio pé. E o resultado é que o público-alvo acaba não utilizando ou se quer baixam o aplicativo.  

O problema aqui é: o foco foi apenas no desenvolvimento, deixando de lado o marketing para seu aplicativo. Aplicativos são, em sua totalidade, uma empresa e como tal eles devem trazer lucro com o tempo.

Por isso, se você deseja que seu aplicativo seja rentável, você precisa de usuários e, para isto, é preciso atraí-los, seja de maneira paga ou seja de maneira orgânica.

Se você pensa em lançar um aplicativo, então esta série é para você!!

Preparados?

Como fazer o pré-lançamento do seu app?

O pré-lançamento é um ponto fundamental do processo de marketing para seu aplicativo. Normalmente, as primeiras fases da sua estratégia de marketing para seu app devem se concentrar em visibilidade e reconhecimento da marca (brand awareness). Por isso, abaixo, estão todos os passos que você precisa para alcançar o sucesso com seu app.

01 – Determine a data de lançamento

A loja da Apple possui um processo de revisão rigoroso que pode atrasar o lançamento. Logo, planejar com antecedência lhe dará tempo suficiente para lidar com imprevistos que certamente surgirão. Existe a possibilidade de agendar uma data via App Store para lançamento do aplicativo após revisão.

Dica dos profissionais: no momento de escolher a data de lançamento, fique atento a outros eventos que podem ofuscar seu app. Tente escolher uma data a qual seu evento seja o único.

02 – Conduza uma pesquisa de mercado para entender a persona do seu aplicativo

Um dos erros mais comuns no pré-lançamento é não realizar uma pesquisa de mercado apropriada. 

Seu aplicativo é uma solução para um problema. Por isso, busque entender como seus clientes veem esse problema. Procure por soluções que já estão no mercado, veja como é o marketing deles e com base nisso planeje o seu.

Dica dos profissionais: se você não sabe quais são os blogs, grupos, fóruns ou portais mais influentes que seu público visita, ou quais influencers eles seguem, você devia começar a procurar já!

03 – Crie a persona para seu app

Tente imaginar o usuário ideal: quais características eles têm em comum? Colete informações e dados sobre seus consumidores atuais ou, caso não tenha, seus potenciais clientes. 

A persona da sua campanha jamais deve ser baseada em “achismos”. Pelo contrário, para encontrar todos os detalhes relacionados ao seu público, você precisará fazer diversos questionamentos e ficar bem atento a todas as respostas. Mapeie todas as informações como área de atuação ou cargo que a pessoa ocupa.

Leia também: como identificar a persona ideal para o seu aplicativo.

Dica dos profissionais: dados sociais e demográficos, como classe econômica e localização, também são fundamentais para identificar as particularidades dos seus clientes. Tudo isso pode ser encontrado por meio de pesquisas e de ferramentas como o Google Analytics ou algum CRM da sua preferência. Por exemplo, uma mensagem para millennials deve conter muito mais emoticons do que uma mensagem para pessoas de 30-50 anos, pois é uma linguagem mais próxima desse público.

04 – Conduza uma análise competitiva

As chances de existir um app parecido com o seu são enormes, afinal, só na Play Store são mais de 1,43 milhão de aplicativos. Por isso, faça um lista com os 5 principais concorrentes do seu segmento. Veja qual é o preço cobrado por eles, o modelo de monetização aplicado, rankeamento na loja, prós e contras e os melhores reviews.

Lembre-se, marketing não é apenas sobre criar uma campanha publicitária, mas sobre como tornar o seu produto competitivo dentro do mercado.Isso inclui desde pesquisa de preço às tradicionais campanhas.

Certifique-se de que seu app não terá nenhum elemento ou recurso que os usuários avaliaram como ruim nos seus concorrentes. Pense na maneira em que seu aplicativo se diferencia dos concorrentes. Esses pontos são fundamentais, pois influenciam diretamente nas mensagens que você irá passar para seu público.

Dica dos profissionais: pesquise e teste aplicativos concorrentes e melhore o que eles oferecem.

05 – Crie uma proposta única de valor

Determinar uma proposta de valor não é algo fácil. Qual o principal valor em usar seu aplicativo? O que o usuário ganha que nenhum outro aplicativo consegue oferecer? É importante que você tenha isso muito claro.

Por exemplo, o aplicativo fitness Freeletics de exercícios diz oferecer um treinamento não repetitivo e totalmente personalizado. Já o Nubank traz transparência total a um clique de distância.

Com as informações obtidas do passo anterior, você será capaz de determinar o que torna seu aplicativo único. Construa uma mensagem que passe de forma clara esse diferencial. 

Se você possuir uma proposta única de valor forte, a aquisição de usuários será muito mais fácil, pois eles irão saber exatamente o que seu app tem a oferecer. E o marketing boca-a-boca irá viralizá-lo.

06 – Defina a mensagem da sua marca e o seu posicionamento

Qual a história por detrás do seu app? Tome o Nubank como exemplo. Em sua proposta de valor, eles afirmam serem inconformados com as tarifas absurdas cobradas por bancos no Brasil, buscando acabar com a complexidade que existe nos serviços bancários. Com uma promessa de mais eficiência e transparência nos serviços, temos um belo storytelling por trás da marca, cujo o resultado podemos conferir logo abaixo.

Além disso, tome o nome e o logo como exemplo: em suas mensagens, eles falam que são “Nus”. Isso passa a visão de transparência o tempo todo, inclusive no seu logotipo que é sempre feito de forma transparente. O que podemos concluir disso? Seus clientes acreditam na razão pela qual a marca foi criada e não apenas nos recursos que ela oferece, tornando-a única e criando uma verdadeira legião de fãs.

Dica dos profissionais: estabeleça uma voz para a marca. Quem está por trás do app? Isso humaniza a sua marca e cria uma conexão mais profunda com os usuários. A netflix (sim, ela é uma menina) é um ótimo exemplo disso.

07 – Faça o seu manual da marca (Branding Style Guide)

Ter a identidade da sua marca pensada desde o começo é muito importante ao marketing para aplicativos. Com um estilo definido você irá passar a mesma mensagem através de qualquer canal de venda. Ter um documento para acompanhar suas opções de cor e fonte será extremamente útil, especialmente se você tiver uma equipe maior.

Isso garantirá que sua marca permaneça consistente. Novamente, tome o Nubank como exemplo (prometo que é a última vez que falo dele): o roxo presente em todas as ações desde o marketing ao seu cartão criou uma uma identidade visual única. O tom da cor usada por eles pode ser chamado agora de roxo Nubank.

08 – Crie uma apresentação para um Pitch

Se no futuro você deseja conseguir investimentos de um Investidor Anjo, ou um fundo de investimento venture, então você precisa ter preparado uma apresentação para pitch que mostre exatamente o que é a sua empresa, a dor que você resolve (aplicativo) e como você gerencia o seu time. Este documento tem que ser uma apresentação concisa, fácil de entender e altamente visual da ideia de negócio para ser enviada aos investidores antes de uma reunião cara a cara.

Dica dos profissionais: escreva um pitch de elevador — é um modelo de pitch para menos de 5 minutos — e decore-o. Sempre existe a chance de você encontrar com um possível investidor no seu dia a dia. Estar preparado para mostrar sua ideia a ele pode ser a diferença entre o sucesso e fracasso.

09 – Colete materiais para assessoria de imprensa

Ter material pronto pode agilizar o processo de divulgação do seu app. 

Comece a coletar as informações necessárias para fazer releases (comunicados) de imprensa. Assim, quando seu aplicativo for lançado, você já terá materiais prontos e poderá executar esta parte muito mais rápido.

Você pode também criar um kit de imprensa. Inclua nele fotos de alta resolução, logo, ícones, screenshots (capturas de telas), vídeos, imagens de marketing, etc. Além disso, inclua toda informação sobre como funciona cada recurso do app, bem como cada detalhes sobre seu time e, é claro, a história da sua marca.

10 – Construa uma lista de mídias (tv, jornais, site, etc.) e influencers

Um dos aspectos menos valorizados por muitos na hora de fazer o marketing para um novo aplicativo é a assessoria de imprensa, a busca por influencers e as mídias onde seu app pode esta presente. 

Faça uma lista com as principais mídias que podem estar interessadas em escrever sobre seu app. Entre em contato com cada um e pergunte se eles possuem interesse de mencionar o aplicativo quando for lançado Procure sites, portais de notícia, blogs e influencers que sua solução seja relevante para eles, se não eles nem se darão ao trabalho de te responder. 

Além disso, tente trabalhar estratégias de promoção junto a eles. É muito importante que você gere backlinks para o seu site para desta forma ganhar maior visibilidade no Google.

11 – Crie um website ou uma landing page

Criar uma landing page para o pré-lançamento ou website, sem dúvida, é a prioridade número 1. Nunca é cedo demais para começar a divulgação do seu aplicativo.

Com uma landing page ou um site pronto, você poderá começar a criar uma audiência sobre o seu app, especialmente se já houver um trailer em vídeo preparado. Além disso, ter o site online o quanto antes beneficia os seus esforços de SEO (Search Engine Optimization), pois com um site (ou landing page) você já começa a fortalecer sua autoridade do domínio.

12 – Comece a coletar emails

E-mail marketing não está morto. Logo, coletar e-mails o quanto antes é uma ótima tática para impulsionar a aquisição de usuários. Quando você prepara seu website para coletar e-mails, você irá criar uma lista de seguidores e poderá deixar-los a par de qualquer atualização sobre seu aplicativo, além de poder avisá-los do lançamento.

13 – Comece a divulgação na imprensa

É muito importante começar seus esforços de divulgação de imprensa durante a fase de pré-lançamento. Jornalistas e blogueiros irão apreciar a chance de olhar seu app antes dele ser lançado. Você pode aumentar os esforços em divulgação para imprensa depois que seu aplicativo for lançado.

14 – Comece o App Store Optimization (ASO)

App Store Optimization, ou Otimização da Loja de Aplicativos. Esta é uma técnica para melhorar o posicionamento da página do seu aplicativo dentro das lojas (App Store e Play Store). Ter um bom rankeamento nos resultados de busca impulsiona a conversão e aquisição de usuários. Para você ter noção, mais de 65% dos aplicativos são descobertos através de pesquisas realizadas nas lojas.

Uma vez que seu app esteja bem posicionado em uma palavra-chave, ele irá continuar lá meses depois. Para te ajudar ainda mais, os passos 15 ao 18 serão sobre como melhorar seu ASO e aumentar os downloads orgânicos do seu app.

15 – Capture usuários com um bom nome

Um bom nome é sua maior chance de capturar a atenção do seus usuários para clicar no seu aplicativo e descobrir mais. Inclua uma palavra-chave relevante sobre sua solução para melhores resultados.

A pesquisa sobre quais palavras-chaves usar é provavelmente a parte mais importante do ASO. Por exemplo, o algoritmo usado pela Apple App Store usa, principalmente, palavras-chave provenientes do título do aplicativo para classificar e ranquear-los em consultas de pesquisa específicas.

Outros elementos como instalações, avaliações, resenhas, etc. também são levados em conta pelo algoritmo, mas lembre-se que estes são usados apenas como fatores de ranqueamento.

Dica dos profissionais: conduza uma pesquisa de palavras chaves e crie um conjunto com palavras long e head tails.

16 – Transmita valor na descrição do aplicativo

Escreva sobre os recursos e benefícios que os usuários terão com seu app. Passe de forma clara seu diferencial em relação aos concorrentes, sua proposta de valor e como você soluciona a dor do seus clientes.

17 – Adicione screenshots (captura de tela) e vídeos

Ambas as lojas de aplicativos permitem o upload de um vídeo pequeno como um trailer do seu aplicativo. Use essa oportunidade para fazer um gameplay, uma demonstração de alguma funcionalidade ou simplesmente uma mensagem para convencer os usuários a usarem seu app. Inclua 2 ou 3 screenshots dos recursos principais e utilize gatilhos mentais para capturar a atenção do seus usuários.

18 – Escolha a categoria certa para seu aplicativo

Tente escolher uma categoria menos competitiva. Assim o seu aplicativo poderá atingir ranks mais altos,mas tenha certeza que você está escolhendo uma categoria relevante para seu aplicativo.

Dica dos profissionais: certifique-se que todos os logos, screenshots e imagens estão nas resoluções e formatos corretos para facilitar o upload nas lojas. Além disso, faça com que os dois primeiros screenshots sejam os mais excitantes.

19 – Faça o teste A/B da página do seu aplicativo

Realizar teste A/B é a melhor maneira já comprovada para melhorar sua taxa de conversão. Teste seu ícone, screenshots, vídeo do aplicativo e descrição para impulsionar sua conversão.

20 – Crie uma estratégia de marketing de conteúdo

Crie conteúdo para seu blog a medida que você se aproxima do lançamento. Isso irá impulsionar o marketing para seu aplicativo. Quando chegada a hora, você já terá autoridade no nicho escolhido do seu app.

Comece simples, escreva uma postagem de lançamento, fale sobre as características do seu aplicativo, como ele resolve as dores do seus usuários, vídeos demonstrativos, etc. Abaixo estão alguns benefícios em possuir uma estratégia de marketing de conteúdo:

  • Tráfego segmentado, conversão e reconhecimento da marca pelo conteúdo;
  • Presença da sua marca em volta do seu app, tornando-se expert no seu nicho;
  • Construir confiança através do conteúdo;
  • Conteúdo do blog pode ser reaproveitado como e-mail marketing para re-engajar contatos, como conteúdo em mídias sociais, entre outros.

Conteúdos de qualidade que passam valor aos seus clientes são uma ótima maneira de fazer com que seu app seja descoberto nos motores de busca.

21 – Crie o perfil nas redes sociais e crie objetivos para cada plataforma

Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Pinterest e outras plataformas sociais permitem criar uma presença online da sua marca. Além disso, nessas plataformas você pode comunicar diretamente com seu público alvo.

Se o público do seu aplicativo tem uma idade específica, identifique em qual plataforma eles estão e mantenha o foco nela. Considere os seguintes pontos antes de criar um perfil:

  • O propósito do seu aplicativo está claro?
  • Há um link para download?

Criar uma página no Facebook do seu aplicativo permite que você compartilhe novidades, atualizações, bem como dar dicas exclusivas sobre como utilizar o app. A página também permite que os usuários curtam e compartilhe sua marca e conteúdo para pessoa da sua rede, sendo elas parte do seu público-alvo ou não.

22 – Crie conteúdo exclusivo para as redes sociais

Reunir materiais com antecedência agilizará o processo de postagem nas redes sociais. Portanto, crie um calendário de postagem e programe cada uma com antecedência. Seja criativo, crie vídeos de demonstração, infográficos e faça capturas de tela interessantes dos principais recursos.

23 – Comece a promover seu app nas redes sociais

Publique atualizações, recursos, aplicabilidades, etc. Deixe os seguidores empolgados com o lançamento. Crie uma hashtag e use-a em postagens quando apropriado. Poste e compartilhe não apenas conteúdo promocional, mas divertido e envolvente relacionado ao seu aplicativo, a fim de criar uma comunidade por trás dele.

24 – Coloque alertas no Google

Configure alertas no Google nas palavras chaves ligadas ao seu app. Isso vai te ajudar a  saber se as pessoas estão falando sobre os problemas que seu aplicativo resolve ou sobre ele. Se deseja saber como configurar alertas acesse este link.  

25 – Planeja as ofertas promocionais

O iFood faz uma campanha de cupons muito boa. Entretanto, promoções não são apenas cupons. Ofertas limitadas, códigos para download grátis, compras dentro do app, etc. Estes são exemplos de promoções e que irão irá incentivar seu público a baixar o app para que não percam a promoção limitada, fazendo com que seu app suba nos ranks da loja.

26 – Planeje competições e sorteios

Fazer uma competição pode trazer muita atenção online. Lembre-se que, quanto mais coisas pedir para que o público faça, menor será a adesão dele. Por exemplo: uma campanha de compartilhar um post tem maior adesão do que uma campanha de gravar um vídeo. Entretanto a segunda irá criar melhor material de marketing para se trabalhar.

27 – Colete avaliações

Consiga avaliações de 5 estrelas no site, redes sociais ou em qualquer outro lugar. Certifique-se de que essas avaliações sejam autênticas, senão sua marca será mal vista, acabando assim com sua reputação. Incentive as avaliações honestas e fique de olho nas exageradas. Pedir uma revisão após um período de duas semanas é estatisticamente o melhor momento.

Dicas profissionais: utilize depoimentos não apenas no seu website, mas nos anúncios, posts nas redes sociais e na página do seu app.

28 – Monitore a aquisição de usuários

Use alguma plataforma para monitorar de onde estes usuários estão vindo. Este ponto é muito importante, pois, se você olhar para os números, saberá apenas que a aquisição de usuários está aumentando e não de onde ela está vindo. Logo, você nunca encontrará seus principais canais de aquisição, o que é muito rico ao marketing do seu aplicativo.

A mesma dica também cabe para a fase de lançamento e pós-lançamento!

Saiba mais: como monitorar seu aplicativo com mobile app analytics.

29 – Faça um comunicado à imprensa

Com os materiais para imprensa dos passos 9 ao 11 preparados, chegou a hora de ser agressivo. O lançamento do seu aplicativo provavelmente não trará muita atração entre os jornalistas sem um comunicado à imprensa. Tenha em mente que você precisa ter algo interessante para dizer, ou então seu app não será escolhido como notícia.

Como fazer o lançamento do seu aplicativo?

30 – Aumente seus esforços de aquisição

Não existe apenas uma única maneira de fazer a aquisição de usuários. Certifique-se de testar diferentes estratégias, seja criativo e sempre busque melhorar. Na primeira semana após o lançamento, seu objetivo deve ser conseguir o maior número de downloads possíveis. Quanto mais downloads você conseguir nesta semana, mais rápido será a escalada ao topo dos ranks das lojas de aplicativos.

31 – Incentive a recomendação do seu app

Dê prêmios para aqueles que recomendarem seu app. O boca a boca é o melhor tipo de marketing que existe. Diversos apps usam essa estratégia, então estude como eles fazem isso e experimente replicar em seu app.

32 – Vá em busca de influencers para fazer uma avaliação do seu app

Comece a procurar por influenciadores, como mencionado na seção de pré-lançamento. Busque por qualquer tipo de mídia, ou pessoa, que seu público forme opiniões a partir dela. Tente conseguir uma avaliação deles, ofereça incentivos para construir uma relação com eles.

33 – Crie links para seu aplicativo

Acrescente links em sua assinatura de email, nas bios das redes sociais, na sua homepage. Você pode até dar um passo a mais e adicionar seu app como um projeto no seu perfil do LinkedIn. 

Captura de tela do botão "adicionar seção do perfil" do LinkedIn. Nele contém as opções introdução, sobre, em destaque, histórico profissional, competências e conquistas.

Dica dos profissionais: use a ferramenta do Google UTM para criar os links. Com ela você irá conseguir rastrear qual link está dando mais resultados para sua campanha de aquisição, duração média na página, conversões, dentre outras informações.

34 – Faça aquisição paga de usuários

Comece a divulgar anúncios no Facebook. Estes são altamente efetivos para a aquisição de usuários. Dependendo do seu público-alvo, você pode considerar usar Instagram ou Twitter.Embora o alcance não seja grande, ainda é eficaz, principalmente entre millennials. 

A plataforma de anúncios do Facebook é ótima para segmentar sua audiência pelos interesses, localização e muito mais. Se você deseja alcançar seu público via anúncios em redes sociais, lembre-se que as pessoas dão pouca atenção, então seus anúncios devem ser feitos de maneiras a completar o propósito em poucos segundos.

Se você está provendo uma solução que possui bastante pesquisas orgânicas, então, o Google Search Ads pode vir a ser a melhor opção para competir na briga por atenção do usuário.

35 – Engaje os usuários que você adquiriu

Estabeleça uma comunicação de duas vias. Construir uma comunidade utilizando as plataformas sociais é essencial. Certifique-se que de postar em grupos, fóruns, e qualquer outro quadro de discussão. Procure responder as perguntas relacionadas ao problema que seu app soluciona nesses canais, tal como o Quora.

Dicas dos profissionais: para que suas ações sejam relevantes no Quora, tenha certeza de que suas respostas passam valor. Use do storytelling para dar exemplos em suas respostas e as pessoas estarão mais inclinadas a ler do que simplesmente mostrar que o seu aplicativo resolve sobre aquele problema.

36 – Participe de entrevistas, vídeos e podcasts.

Mire por menções da sua marca. Você precisa ter um foco contínuo em SEO e brand awareness. Entretanto, esta não é a única maneira de fazer seu app ser visto. A estratégia de está participando ativamente na mídia impulsiona sua visibilidade, promovendo o reconhecimento da sua marca, além de aumentar as procuras nos motores de busca.

Investir neste tipo de mídia é bom, pois, além de gerar links para seu site, também diversifica seus canais de aquisição.

Cogite também em promover-se com entrevistas únicas ou exclusivas. Assim, há uma maior chance delas serem publicadas. 

37 – Faça guest posts em sites que possuam uma grande audiência

Escreva guest posts para sites que compartilham do mesmo público-alvo que você, ou semelhantes. Por exemplo, se sua persona adora novas tecnologias, provavelmente alguma parte da audiência de um blog sobre tecnologia irá fazer parte da sua persona. Se você escolher sabiamente e segmentar blogs com alto número de leitores, você alcançará um novo mercado que será convertido em mais downloads para seu aplicativo.

Inclua seu app em listas “Top X…”

Faça uma busca no Google de um “Top X aplicativos” do seu segmento (Ex.: Top 10 aplicativos para emagrecer). Entre em contato com os administradores, ou autor do post, e peça para incluí-lo na sua lista. Além da visibilidade, você também irá gerar backlinks.

38 – Submeta seu app para competições

Receber prêmios de melhores apps do seu segmento, como selo da escolha do editor, sem dúvida, irá trazer maior visibilidade para sua empresa. Além de criar uma prova social da sua solução.

Dica dos profissionais: se seu aplicativo ganhar um prêmio, exiba-o em suas plataformas sociais, blog e apresente-o para imprensa.

39 – Pergunte ao usuários por feedbacks e comece a responder as avaliações, comentários, etc.

Com o app já lançado, leia regularmente as avaliações feitas nas lojas de aplicativos e peça aos clientes fidelizados por avaliações positivas. Além disso, preste atenção às reclamações em comum. Mantenha os canais de comunicação abertos, assim você poderá atualizar seu app em uma frequência ideal para melhorar a experiência do usuário.

40 – Com o feedback em mãos, pense sobre engajamento e estratégias de retenção

A maioria das pessoas coloca um peso considerável no marketing de aquisição, se esquecendo que não só de aquisição se trata o marketing para aplicativos. Parabéns! Você já adquiriu os usuários, no entanto, o trabalho só começou. Seu próximo passo deve ser o desenvolvimento de um plano de ação para retenção a fim proteger seus novos clientes a longo prazo.

Notificações push, por exemplo, se mostraram uma das melhores ferramentas para retenção nos últimos anos. Usuários que receberam notificações push exibiram um aumento de 88% no uso em comparação àqueles não recebem.

Leia também: como usar o marketing para a retenção de usuários?

41 – Mapeie a jornada dos usuários para achar pontos de reengajamento

Identificar o porquê da inatividade do seus usuários, ou identificar quando eles ficam inativos, é extremamente importante, pois com este dado você pode criar táticas para trazer de volta seus usuários ao seu app.

42 – Tenha foco no atendimento ao cliente

Qualquer pessoa odeia ser mal atendida. Responda todas as dúvidas que surgirem nos canais de suporte do seu app. Faça uma busca e descubra onde seu app é mencionado e responda a estes comentários.

Dicas dos profissionais: brasileiros amam, amam e amam interagir com as marcas via whatsapp. Para você ter uma ideia certa de 76% interagem ou já interagiram com alguma marca pelo Whatsapp de acordo uma pesquisa feita em fevereiro de 2020.  

43 – Torne o compartilhamento do seu app o mais fácil possível

Busque entender como seus usuários compartilham o app com seus amigos — e facilite ainda mais essa interação. Isso está totalmente ligado a experiência do usuário, então comece desde já a entender seu usuário.

Saiba mais: como melhorar a experiência do usuário em aplicativos.

44 – Considere mídias tradicionais (panfletos, outdoors, etc.)

Caso você possua um app regional, ou mesmo um que atenda a um nicho específico fácil de se localizar, considere a impressão de panfletos, cartões, cartazes ou outdoors. Coloque-os em lugares por onde passa seu público alvo.

Dica dos profissionais: leve com você cartões de visita onde quer que vá. Assim, quando você falar do seu app para alguém, você poderá entregar um cartão para reforçar sua recomendação.

45 – Use códigos QR no marketing tradicional

Para tornar mais fácil o download do seu app, inclua um código QR no design dos materiais físicos, assim, quando alguém possuir em mão qualquer material do seu aplicativo, bastará apontar a câmera do smartphone e em alguns segundos seu app estará lá.

46 – Não tenha medo de inovar nas notificações push

Notificações push são uma ótima ferramenta para engajar seu público, não tenha medo de usá-las. O iFood e o PicPay tem ótimas campanhas de notificações estudá-los pode ajudar você a ter alguns insights.

47 – Participe de eventos onde seu público-alvo goste de ir

Você é um especialista em algum tópico em particular? Apresente-se aos organizadores de eventos e tente garantir um lugar em um painel de discussão.

Como fazer o pós-lançamento do seu aplicativo?

48 – Engaje ainda mais com seus seguidores sociais

Continue a aumentar o público interagindo com eles para estabelecer lealdade. Continue um diálogo nos dois sentidos.

49 – Considere fazer uma campanha explosiva

Neste momento seu aplicativo está lançado, logo, o objetivo agora é escalar seu produto. Por isso, considere fazer uma “campanha explosiva”. Está é uma tecnica popular de marketing para aplicativos que desejam subir no ranqueamento da loja.

A ideia da campanha é promover uma explosão de exposição do seu aplicativo. Isto é, usar mídias pagas de forma agressiva para promover seu aplicativo em um curto período — normalmente 24 à 72 horas, dependendo do seu budget.

O objetivo é conseguir o maior número possível de instalações pagas, aumentando sua classificação. Tudo isso com a esperança de aumentar o volume de instalações orgânicas de qualidade.

Não pare com a publicidade paga após o término da campanha. Se o seu objetivo é atingir e manter uma alta classificação na loja de aplicativos, você precisa de algo para continuar. Embora você deva atrair mais downloads orgânicos de uma campanha bem-sucedida, a publicidade paga continuará mantendo os downloads estáveis. Você precisa manter o ímpeto para manter sua posição no rank.

Dicas dos profissionais: quanto mais downloads um aplicativo receber em um curto período de tempo, mais alto ele será classificado. Você obterá um ROI muito maior do seu orçamento de publicidade se você gastá-lo em um período de uma a duas semanas.

50 – Ofereça algum bônus para recomendação

Oferecer para seus usuários algum benefício por promover seu aplicativo online é uma tática infalível para espalhar sua mensagem pelos 4 cantos da internet. 3900%: este é o quanto o Dropbox registrou de crescimento com sua campanha de recomendação. Em 2008, a empresa tinha 1 milhão de usuários registrados. Com a campanha eles atingiram a marca de 4 milhões 15 meses após seu início.

51 – Transforme sua landing page em um website

Sua Landing Page não deve ser vista apenas como uma ferramenta promocional para o lançamento. Pense na estratégia a longo prazo e em como os esforços de SEO, incluindo a autoridade de domínio e a classificação acima de sua concorrência, irão beneficiar sua marca a longo prazo.

Um site profissional e bem projetado fornecerá aos usuários em potencial mais informações sobre seu aplicativo e aumentará sua legitimidade. Se você decidir publicar conteúdo para comercializar seu aplicativo, ter um site é obrigatório.

Dicas dos profissionais: colete questões recorrentes feitas a sua equipe de suporte, nas redes sociais, etc. Junte-as e crie uma página de FAQs no seu website.

52 – Mantenha-se firme no seus esforços de SEO

Continue a construir a autoridade do seu domínio através das estratégias de backlinks, para assim assegurar que seu app irá ficar visível por um longo período.

53 – Realize testes A/B no seu website

Otimize suas conversões no seu website ou landing page.Teste os botões, imagens, e mensagens. Pode parecer ser algo simples, entretanto isso é essencial para que você aumente ainda mais a aquisição do seu aplicativo.

54 – Faça testes A/B no seu aplicativo

Os benefícios de rodar testes A/B no seu app é similar aos testes realizados no seu site. Você pode testar diferentes experiências no seu aplicativo e fazer mudanças baseadas em dados. Testes A/B permitem que você determine, junto a dados estatísticos, qual será o impacto das alterações que você fizer no seu aplicativo e medir exatamente quanto esse impacto será.

Veja também: por que e como atualizar o design dos produtos?

55 – Peça por avaliações na hora certa

Se as pessoas estão usando seu aplicativo constantemente, elas provavelmente estão gostando. Dê a elas a oportunidade de expressar suas opiniões com um convite pop-up para deixar um comentário, mas lembre-se de que a experiência do usuário não deve ser sacrificada por essa tática. 

Pense em quando e como você deseja solicitar uma análise e verifique se ela flui bem com a experiência do usuário para que isso não frustre os usuários. Quanto mais estrategicamente o pop-up for colocado, melhores as chances de uma revisão positiva.

56 – Incentive os Feedbacks

Sempre que você enviar pop-ups para pedir avaliações, inclua também a opção de feedback. Você pode aprender muito sobre seu aplicativo simplesmente deixando que seus usuários reportem não apenas bugs, como melhorias ou mesmo elogios sobre alguma função.

57 – Se prepare para novas atualizações e manutenções

Um aplicativo estagnado será abandonado pelos usuários quando eles não virem nenhum valor agregado. Mantenha seus usuários interessados ​​e animados para usar o aplicativo planejando com antecedência as atualizações de recursos.

58 – Escolha seus objetivos e rastreie as métricas chaves

O objetivo principal de um plano de aquisição de usuários é gerar receita. Para entender se seus esforços estão funcionando, você precisa ter objetivos e rastrear seu crescimento nos ranks das lojas de aplicativos. Existem vários elementos analíticos que você precisará acompanhar ao longo dos estágios de aquisição, engajamento, conversão e retenção da jornada do usuário. É por isso que a medição deve ser um processo contínuo.

59 – Não faça falsas promessas

Um parte importante de toda estratégia de marketing para aplicativos é não fazer falsas promessas. O marketing boca a boca é de longe o mais efetivo em uma estratégia de marketing para aplicativos. Isso significa que você não pode fazer falsa promessas ou propaganda enganosa sobre o seu produto. 

Se você oferecer “uma primeira corrida grátis” num app tipo Uber e em seguida falar que são apenas para corridas de no máximo R$ 5,00, às pessoas irão desistir e falar mal do seu aplicativo. Certifique-se que sua mensagem permaneça consistente ou irá resultar em usuários insatisfeitos e grandes taxas de desinstalações.

Quando você estiver criando sua estratégia de marketing para aplicativos, não tente usar todas as táticas que viu pela internet. Diversifique sua estratégia, mas lembre-se de ter foco e tentar uma coisa de cada vez no devido tempo. Tome decisões baseadas em dados e não em “achismos”. Dessa forma, provavelmente sua campanha será um sucesso!

E aí vamos atingir a marca de 1 milhão de downloads?

60 – Assine nossa newsletter e fique por dentro dos melhores conteúdos de marketing para aplicativos!


  • Vitor R. Galante
  • Gerente de Marketing
  • Viciado em novas tecnologias, adoro e me entusiasmo com novidades. Escrever artigos sobre os mais diversos temas tecnológicos me traz paz de espirito. Morar, trabalhar e estudar em Ouro Preto me fez entender que tradição e inovação podem sim andar juntas.

9 comentários no post “Marketing para aplicativos: 60 dicas para o sucesso

  1. Boa tarde.
    Tenho uma dúvida em relação ao “público alvo”: se meu aplicativo é voltado para a prestação de serviços da municipalidade, quem será o público desse aplicativo? O cidadão que irá utilizá-lo para demandar o serviço da prefeitura ou o gestor político que irá contratar o serviço do aplicativo?

    1. Olá José, o público-alvo tem a função de te entregar um norte. A ideia é imaginar quem é o seu cliente ideal. Por isso é recomendado criar uma persona, este post Link com certeza vai te ajudar a entender melhor. Além disso, lembre-se que o público-alvo são aqueles que irão pagar pelo serviço, no caso de aplicativos onde tem duas partes, tipo o aplicativo Uber onde há um motorista e passageiro, existem dois públicos-alvos, um para cada app!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *