ASO: Faça o seu aplicativo ser encontrado

Aplicativo lançado, mas e aí? Depois de criar o seu aplicativo é preciso fazer com que ele se destaque entre os milhares disponíveis e competir para entrar no ranking dos principais apps das lojas virtuais. Apenas ter um código de boa qualidade e um app funcional não é suficiente para alcançar tanto sucesso, mas, é claro, que isso também faz diferença. Por isso é importante encontrar desenvolvedores de excelente qualidade.

Porém, o assunto de agora é sobre como aumentar os downloads do seu app com ASO. Para isso vamos precisar de muita atenção e planejamento na hora de configurar as informações do seu aplicativo. Vamos conferir?

O que é ASO?

ASO é a sigla para App Store Optimization, isto é, técnicas de otimização de busca nas lojas de aplicativos. Elas que irão garantir destaque e que os downloads do seu app aumentem, fazendo com que ele apareça para os usuários como resultado mais relevante quando eles fazem uma pesquisa nas lojas Play Store e App Store.

Para quem já é familiarizado com marketing digital, ASO pode ser comparado com o SEO, otimização para os motores de buscas. Sabe quando você faz uma pesquisa no Google e ele te oferece um catálogo de possíveis respostas? Isso é SEO, lógica também aplicada ao ASO. Assim, seus futuros usuários irão te achar quando você souber colocar seu app como a resposta ideal para a busca, aumentando seus downloads.

O interessante do ASO é que ele coloca seu app no campo de visão de quem está de fato interessado no que seu aplicativo pode oferecer. Assim, a chance de alcançar os usuários que você planejou para o seu mvp mobile é bem maior. Afinal, divulgar seu aplicativo para pessoas desinteressadas pode não trazer os resultados esperados.

Saia do escuro e aumente os downloads do seu app com as técnicas a seguir.

Como aumentar os downloads do seu app com ASO?

Palavras-Chave

Como já mencionado, os usuários irão encontrar seu aplicativo a partir das buscas nas lojas. Logo, seu app precisa corresponder ao que os usuários estão pesquisando. Isso porque os algoritmos das lojas de aplicativos procuram por termos correlacionados ou iguais ao que o usuário pesquisou, e oferece um catálogo com os melhores resultados, assim como vemos no Google.

Esses termos de busca são as “palavras-chave” e elas devem aparecer na descrição e nome do seu aplicativo. Essas palavras podem servir tanto nas lojas de apps quanto no Google, potencializando as chances de alcançar seu objetivo: aumentar os downloads do seu app!

Planejar as palavras-chaves para o ASO requer acompanhamento, pois existem alguns fatores que podem mudar as palavras-chaves: os algoritmos das lojas de apps, concorrência e até mesmo sua popularidade. O último item pode parecer estranho, mas reflita: a Uber precisa acrescentar “táxi” ou algo similar no nome do app ou somente “Uber” já é suficiente? A resposta é a segunda, correto? Logo, quanto mais conhecido seu aplicativo for, o título do seu aplicativo também pode variar.

Dessa forma, escolha com cuidado a palavra-chave do seu aplicativo. Ela deve corresponder às buscas do seus usuários, então tente entender como ele faria a busca na loja de app. Crie uma lista desses termos e avalie quais podem ser mais relevantes para seu aplicativo, avaliando o volume de busca e o nível de concorrência da palavra-chave, ou seja, quantos outros aplicativos fazem uso delas e qual o grau de dificuldade você vai ter para rankear com este termo.

Ao invés de ficar somente na base dos achismos e correr o risco de errar, faça o uso de ferramentas que irão te fornecer todas as informações necessárias para o planejamento das palavras-chave:

Mitos das palavras-chaves

Você pode ter se perguntado se é possível alterar as palavras-chaves e te respondo que sim. Acreditar que elas são inalteráveis é um mito. Lembra do exemplo da Uber? Pois é. 

Cadastrando as palavras-chaves

Além da palavra-chave que fica visível no título e descrição do app, existe um campo invisível aos usuários excluso para realizar uma segunda descrição do aplicativo. Nela deve constar as palavras-chave principais em 100 caracteres. Então, segue as recomendações para otimizar o uso dessas informações:

  • Usar vírgulas ao invés de espaço entre as palavras-chave. Ex: mobilidade urbana,taxi barato,corrida;
  • Evitar o plural;
  • Não repetir palavras-chave ou variações delas, pois pode ser considerado spam;
  • Evitar o uso de conectivos e artigos: a, o, que, em.

O objetivo é economizar caracteres para preencher o máximo de palavras-chave relevantes possível.

Nome do aplicativo

Além de carregar o nome que você atribuiu ao seu aplicativo, o nome na loja de também deve apresentar palavras-chave, especialmente quando seu app está em fase inicial e ainda tem pouco reconhecimento. 

Como já vimos, as palavras-chaves correspondem ao que os usuários buscaram. Assim, se o que foi buscado aparecer no nome do seu app, provavelmente os usuários se sentirão instigados a clicar e checar se o seu aplicativo é o que procuram. Ex: quero um aplicativo de transporte. Pesquisei “app táxi” e vi que seu aplicativo tem “táxi” no nome, provavelmente irei clicar.

Não se esqueça que o nome do seu aplicativo é editável, portanto você pode explorar as diferentes palavras-chaves que levantou na fase de planejamento e testar qual melhor funciona para o seu aplicativo.

Ícone

Vou começar por um clichê: a primeira impressão é a que fica. Agora uma constatação: os primeiros elementos a serem vistos são o ícone e nome dos aplicativos. Logo, o design do ícone do seu app precisa ser criativo, passar uma mensagem e, acima de tudo, ser atrativo.

Seu ícone vai representar parte da credibilidade do seu aplicativo, pois um ícone que se comunique com o usuário, e transmite segurança, será fundamental para fazê-lo clicar no seu app. Digo apenas “clicar”, pois o caminho até o clique no “baixar” ainda requer alguns outros itens, como veremos adiante.

Porém, é inegável que o ícone irá contribuir bastante para a conquista do download. Como os usuários levam cerca de 3 segundos para se convencerem a clicar ou não, segundo a Storemaven, o ícone será decisivo nesses poucos segundos.

Além de cumprir esse papel de imã da atenção dos usuários, seu ícone também deve cumprir com as recomendações de dimensão. Ele deve ter qualidade, porque as lojas de apps irão comprimir o tamanho dele para se adequar à plataforma. Portanto, se o ícone não estiver de acordo, seu app vai ser  prejudicado por causar uma má impressão e, consequentemente, irá espantar cliques.

Você pode consultar o guia do Google para os ícones e da Apple para garantir que o ícone seja produzido corretamente.

Descrição

Seu futuro usuário finalmente te achou e clicou no seu app. E agora? Esse é o momento da descrição agir. Com ela você irá apontar o que seu app faz, os benefícios dele e outras informações que mostrem o que seu aplicativo tem de valor. É o seu momento de ser persuasivo e usar as palavras certas, inclusive as chave!

Porém existe um grande desafio aí. De toda a descrição, apenas os primeiros 94 caracteres estarão visíveis na Play Store; já na App Store pode variar de 93 a 112 caracteres. Para ler as demais informações, o usuário vai precisar clicar em “ler mais”. Logo, sua mensagem persuasiva deve estar logo no começo e deve ter call to actions para que continuem lendo ou para instalar seu app.

A descrição também é alterável e a popularidade pode influenciar no que deve estar descrito. Depois de já consolidado,não precisa de tantos elementos de persuasão assim, pois somente seu branding será suficiente para aumentar os downloads do seu app. Porém, o que ele faz, as mensagens de valor e etc devem permanecer por lá. Tirá-las é sabotar seu ASO.

É interessante deixar claro para os usuários que sua descrição é alterada com frequência, pois isso mostra que você tem atenção com o seu app e com os clientes, ajudando a melhorar a experiência do usuário.

Gráficos de recursos

Junto da descrição, o gráfico de recursos também será um elemento bastante atraente para o seu aplicativo. Como uma imagem pode falar mais do que mil palavras, os gráficos de recursos servem para explicitar a aparência do seu aplicativo, o fluxo dele e os principais recursos.

Eles podem ser capturas de tela do seu aplicativo, assim como o Rappi faz. Porém, a lógica de carrossel criou uma nova forma de apresentar os gráficos de recursos, bem como podemos ver em alguns perfis do Instagram. Confira o que o iFood fez:

Lembre-se: o gráfico de recursos deve ser mais um elemento de persuasão para aumentar os downloads do seu app. Ele serve para explicitar o que seu aplicativo faz de forma que envolva seu futuro usuário.

E atente-se para a quantidade de imagens: a Play Store permite cerca de 18 elementos visuais: 12 na horizontal e 6 na vertical; já a App Store, 10 imagens.

Vídeo

Além de usar elementos estáticos no gráfico de recursos, seu aplicativo também pode apresentar um vídeo. Ele pode ser um resumo do que foi apresentado na descrição e gráfico de recursos, mostrar o fluxo e funcionamento do seu app, ou alguma outra ideia que você tiver.

O importante é mostrar o seu aplicativo e atrair mais cliques no botão de baixar. Ah! Inserir um vídeo não diminui o volume de imagens a acrescentar no gráfico de recursos. Então você continuará tendo 18 imagens disponíveis para a loja Android, e 10 para a iOS.

Reviews

As avaliações e feedbacks são coisas que não temos controle nenhum, cabendo somente ao usuário falar sobre a interação dele no app. Elas são importantes e um grande elemento de persuasão, pois se falam bem, que mal tem em baixar seu app? Sempre prezamos por produtos de qualidade, e ter esse retorno positivo é extremamente valioso.

Portanto, seu aplicativo deve oferecer interações de qualidade e fazer com que seu usuário se sinta contemplado e satisfeito com o que encontrou no aplicativo. Você pode incentivar os feedbacks criando pop-ups pedindo para avaliar a experiência.

Lembra que é interessante mostrar na descrição que você dá atenção para seu aplicativo e aos usuários? Os reviews que irão mostrar se isso é verdade. Por isso, sempre responda seus feedbacks e mostre que seu aplicativo está ao dispor dos usuários.

Para evitar feedbacks negativos, você pode inserir o canal de suporte dentro do aplicativo ou na própria loja, pois assim as reclamações e solicitações serão direcionadas. Resolvido o problema, o usuário ainda pode voltar lá na loja e avaliar positivamente seu app por ter solucionado tudo. Você também pode incentivar esse retorno.

Recapitulando

Conquistar o aumento de downloads no seu app vai além de desenvolver o aplicativo. Você precisa também fazê-lo atrativo aos olhos dos usuários e conquistar a atenção deles. Seu objetivo é causar uma boa impressão, porque é ela quem fica para o usuário. Numa situação de má impressão, convencê-lo do contrário é muito mais trabalhoso.

Invista num design atrativo e nas pesquisas de palavras-chave, pois eles servirão de base para os demais requisitos necessários para o ASO: ícone, gráfico de recursos, título do aplicativo e descrição.

Para aumentar ainda mais a popularidade e conseguir mais downloads para seu app, aposte no marketing, seja ele offline ou o digital. Cada um vai exigir diferentes planejamentos, mas bons resultados no volume de downloads. Então, saiba um pouco mais sobre marketing offline e as vantagens de ter presença digital nas redes sociais.

Como ASO exige bastante trabalho e atenção, você também pode optar em contratar uma empresa especializada. No Brasil nós temos a Rank My App, que trabalhou para os aplicativos do Itaú, 99táxis e Polishop.


  • Taysa Bocard
  • Analista de marketing
  • O interesse pela tecnologia e desejo por conhecimentos variados sempre fizeram parte de mim, isso desde a infância. Esse desejo pueril refletiu no meu cotidiano: sou jornalista engajada nas "techs". Porém, a busca pelos saberes não é a parte mais gratificante da minha atuação. Na verdade, o que mais me empolga é passar as informações para frente.