Experiência do usuário em aplicativos, como melhorá-la?

Devido à grande diversidade de aplicativos que os consumidores podem baixar, a competitividade entre eles aumentou significativamente. Por isso, as melhorias da experiência do usuário (UX) pode ser um fator decisivo na hora de se destacar, conseguir mais downloads e vender mais!

Muitas das marcas tem pensado que melhorar essa experiência é simplesmente oferecer mais funções ou mais informações dentro de seus aplicativos, mas isso não é o suficiente. Vamos entender!

O que é (UX) Experiência do Usuário?

UX é a sigla para “User eXperience”. Ela se trata do design focado unicamente nas interações do usuário com o serviço/produto. O design de UX é uma etapa importantíssima no processo de criação dos aplicativos, sendo o responsável por pensar nas principais emoções e experiências que as pessoas terão lidando com o software.

Saiba mais: 5 livros de Design UX para se tornar um especialista

Dessa forma, um bom designer de UX busca constantemente melhorar essas interações,  proporcionando um sistema mais claro e intuitivo possível, sempre se colocando no lugar do usuário, procurando observar suas maiores necessidades, dificuldades e vontades.

Como melhorar a experiência do usuário?

Com a facilidade de acesso às informações, os consumidores ficaram mais exigentes, impacientes e menos tolerantes às experiências ruins. De acordo com um estudo realizado pela Dynatrace, 75% dos usuários de smartphones/tablets abandonam um aplicativo se ele apresentar algum defeito ou for lento. Este com certeza não é o objetivo dos donos dos aplicativos.

Por isso, vamos conferir como melhorar a experiência do usuário e, consequentemente, aumentar o engajamento no seu app!

Não exceda nas funcionalidades

Nada adianta oferecer diversas funções e muitas informações que podem não ter utilidade quando a necessidade de seu cliente é simples. O primeiro ponto a se pensar é: qual funcionalidade o usuário espera ao baixar o aplicativo?

No entanto, adicionar funcionalidades extras é bom, desde que não cause um mau funcionamento no aplicativo ou deixe o carregamento do lento. Aquelas funções que fogem da ideia original do projeto, como mostrar a previsão do tempo em um aplicativo de compras, devem ser evitadas por piorar a experiência do usuário e deixá-lo confuso.

Portanto, pense em suas próprias experiências ruins. Quantas vezes você já abandonou um site por ele demorar a carregar ou pelo fato de não conseguir achar o que queria facilmente e foi para o site concorrente?

Quantos aplicativos já baixou achando que era um através da descrição nas lojas de apps, mas viu que não funcionava corretamente ou era confuso? Pois bem. Se inspire nessas más experiências para melhorar a do seu próprio app. O objetivo é fazer com que mais pessoas o use e recomende-o para as demais!

Elabore uma UI funcional

UI é a sigla para a palavra em inglês User Interface. Isto significa que o design de UI é o responsável pelo o desenvolvimento da interface por trás das aplicações. Ele é o encarregado por criar os mecanismos de interação, sendo o artifício em que os usuários se relacionam com um sistema ou dispositivo, como botões e menus e para isso desenvolvem várias habilidades e disciplinas para serem usadas nesses processos.

Dessa forma, a UI pode ser compreendida como o elo entre os usuários e a UX, pois conecta as funções práticas que são desenvolvidas (semelhante a um esboço) com as análises de necessidades e emoções das pessoas — feitas pela UX —, buscando sempre proporcionar uma melhor experiência.

Portanto, o profissional da área deve se atentar ao mapa do calor dos displays dos celulares, por exemplo. Afinal, se o objetivo é facilitar a interação com o layout, de nada adianta colocar ícones em áreas da tela as quais o usuário não consegue alcançar facilmente.

Tendo em vista que os novos smartphones tendem a apresentarem maiores tamanhos de telas para reprodução de vídeos, usuários de mãos pequenas precisam ser levados em consideração para elaborar a interface. Essa, dentre outras questões, precisam fazer parte do mapa de atenção do designer UI.

Pense nas cores

Embora a disposição de ícones e botões sejam fundamentais para o design, como visto no tópico anterior, o uso de cores também é essencial para que as telas sejam responsivas e atraentes.

As cores geram impacto e sensações em nós. A prova disso é a tela de quando estamos recebendo uma chamada. Se o botão de recusar fosse verde, provavelmente muitas pessoas iriam cancelar ligações sem querer, pois compreendemos o verde como um sinal positivo, enquanto que o vermelho negativo. Logo, as cores são imprescindíveis!

Para saber ainda mais sobre as cores nos aplicativos, confira o vídeo a seguir:

Adote a UX Writing

Ninguém gosta de ser enrolado, portanto, dê a informação de forma direta e concisa. Praticar a UX Writing é sinônimo de evitar devaneios e ir direto ao ponto. Como visto nos estudos de ASO, as pessoas levam cerca de 7 segundos para decidir se irão baixar um app ou não. Certamente, as informações textuais também influenciam nessa tomada de decisão.

A escrita de jornalistas pode ser tomada como modelo, pois ela faz uso da pirâmide invertida. Isto é, classifica-se as informações como mais pertinentes e menos, escrevendo conforme essa hierarquia, colocando as mais relevantes sempre acima.

No entanto, páginas de jornais possuem um mapa de caracteres muito maior, o que não é o caso dos aplicativos. Logo, leve sempre em consideração a melhor forma de apresentar a informação de forma sucinta e sem perder o valor da mensagem. Use gatilhos mentais! Recomendamos também o estudo de call to actions.

Faça testes e colete feedbacks

Comece a colocar seu projeto em prática caso você ou sua empresa sejam desenvolvedores de aplicações móveis. Caso contrário procure alguma empresa especializada que desenvolverá seu app com a qualidade e simplicidade que seu consumidor deseja.

Desenvolvido o aplicativo, experimente-o. Uma fase beta te ajudará a descobrir se tudo está funcionando como deveria e se está de acordo com as expectativas do usuário. Colete todas as opiniões e dados dessa fase e melhore-o, focando sempre na experiência do consumidor e entendendo o que eles gostaram ou não, se é seguro, entre outras características. Então lance-o.

Veja também: Lançamento de aplicativos: como fazer da maneira correta

Busque atender as necessidades dos seus usuários

Lembre-se de ter um bom time de suporte e assistência que consiga atender a todos. Essa proatividade de atendimento e soluções de falhas pode minimizar a má experiência que um usuário teve.

O fato de se mostrar ativo em relação às principais necessidades dos seus clientes cria uma relação de proximidade com o cliente, que é fundamental para a relação do usuário com a sua marca. Além disso, ajuda a detectar os pontos negativos que precisam ser solucionadas e os pontos positivos que devem ser trabalhados. Assim, ele se sentirá importante e ajudado, o que pode até transformá-lo em um grande defensor da seu aplicativo.

Entendido! O que mais posso fazer?

Tenha em mente que para seu aplicativo se tornar um sucesso é necessário muito trabalho. O primeiro passo é ter uma boa ideia ou entrar num modelo de negócio já estabelecido; o segundo é encontrar a empresa de desenvolvimento ideal e logo depois desenvolvê-lo com foco na experiência do consumidor e melhorá-la continuamente.

Caso você tenha a ideia de um aplicativo de sucesso, entre em contato conosco! Tire suas dúvidas e peça seu orçamento. Temos uma equipe ágil e multidisciplinar com foco nas necessidades reais dos usuários durante as etapas de desenvolvimento!


  • Marketeam
  • Equipe de Marketing
  • Ninguém jamais deveria levar o crédito pelo trabalho de outras pessoas! Certos artigos aqui na Usemobile são criados de forma tão colaborativa que é impossível atribuir-lo a uma só pessoa. Por isso, este artigo é do time que joga na linha de frente, o Marketeam.

6 comentários no post “Experiência do usuário em aplicativos, como melhorá-la?

    1. Boa tarde Maurício.

      Consideramos a capacidade crítica de uma pessoa para testar o aplicativo essencial para a excelência em UX. Aqui na Usemobile temos uma equipe que realiza todos os testes manualmente e fazem o review do que deve ser melhorado para o usuário.

      Qualquer dúvida estou a disposição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *