Mobile App Analytics: avalie o desempenho do seu aplicativo

Ao criar um aplicativo você sempre deve pensar na experiência do usuário, mas mesmo assim alguns erros podem acontecer. Monitorar o comportamento do seu público dentro do seu aplicativo é muito importante para melhorar essa experiência. Por isso os Mobile App Analytics são interessantes.

Mas afinal de contas, o que é Mobile App Analytics?

Mobile App Analytics são plataformas que coletam dados dos usuários do seu aplicativo como idade, sexo, localização, comportamento, entre outras. Toda a jornada do usuário é monitorada, desde o download até o envolvimento.

mobile app analytics

Através desses dados de análises de gráficas e mapas de comportamento que é possível tirar várias conclusões a respeito dos seus usuários e de como estão utilizando seu produto.

Assim fica mais fácil de entender as dores e de propor melhorias para o aplicativo, e até mesmo melhorar a jornada de compra.

Vários relatórios serão apresentados nos Mobile App Analytics e aqui usaremos o exemplo do Google Analytics, que é a ferramenta mais popular do ramo. Nós abordaremos também Google Play Console e a App Store Connect.

Relatórios de aquisição

Apresenta as características dos usuários que fizeram o download do aplicativo.

Novos usuários

Os novos usuários te fornecem informações importantes como quantos são os novos usuários, sistema operacional utilizado, localização e a versão que foi instalada.

A partir desses dados é possível identificar as características que seu público-alvo apresenta e criar campanhas de marketing mais efetivas.

Mercado de aplicativos

O mercado de aplicativos apresenta dados de qual plataforma seu público faz download, como a Google Play Store e a iTunes Store.

Com os dados de cada uma delas é possível direcionar melhor suas campanhas através da análise do desempenho em cada uma. Porém nem todas as plataformas suportam o código ou não enviam dados de campanha para o Google Analytics.

Os dados dessas fontes podem ser mostrados como (not set) ou não exibi-los.

Origens

Nessa parte do relatório é possível descobrir as fontes que direcionaram seu usuário para a página de mercados como sites, propagandas em outros aplicativos, entre outros.

Assim é possível direcionar ações mais efetivas para os locais que geram pouco tráfego, e melhorar as que são feitas nas que recebem bastante visitas.

Aquisição e acompanhamento de conversão

Aqui é possível analisar o comportamento do seu usuário, entender melhor como ele passa em cada uma das etapas até baixar seu aplicativo.

É possível saber o que seus usuários fazem no seu app, inclusive até onde foram na jornada de compra, caso seja um dos objetivos do app.

Assim é possível saber o que é inútil para seu usuário, modificando o app para melhorar a experiência dele. Identificar os gargalos na sua jornada de compra e corrigi-los irá aumentar suas taxas de conversão.

Google Adwords

Aqui é possível saber quantas pessoas que clicaram em seu anúncio do Adwords, instalaram e usaram seu app.

É possível identificar o desempenho de cada uma de suas campanhas e saber o perfil de público que elas estão atraindo. Assim é possível pensar em ações para melhorar as campanhas de acordo com seus objetivos.

Você pode encontrar informações mais detalhadas sobre o relatório de aquisição no site do Google

Relatórios de comportamento

Aqui são oferecidas as informações de como seus usuários estão interagindo com seu produto.

Telas

É possível acompanhar cada tela detalhadamente, suas exibições e porcentagens de saída em cada uma.

Assim pode-se identificar uma tela que tem muita evasão de usuários e procurar entender o porquê. Corrigir o problema aumentará a retenção através de uma experiência melhor.

Fluxo de comportamentos

Aqui você acompanha todo o fluxo de ação do seus usuários no aplicativo, identificando quais telas levam para outra tela ou evento.

google mobile app analytics

Assim é possível analisar as secções do aplicativo que são mais interessantes como a finalização de vendas e, assim, otimizar os processos.

Falhas e exceções

Aqui é possível acompanhar as principais falhas ou exceções que ocorrem no aplicativo com uma breve descrição para facilitar a correção.

Lembrando que existem falhas que não são por culpa do aplicativo, como as de rede e resultados de pesquisa, que devem ser adicionadas as exceções.

Velocidade do aplicativo

Aqui é necessário definir quais ações você deseja que sejam exibidas nos relatórios. Inserido o código, será apresentado o tempo que cada uma das solicitações programadas demoram para carregar. Logo, é possível otimizar o código do aplicativo, acelerar o tempo de carregamento e melhorar a experiência do usuário.

Tudo sobre os relatórios de comportamento podem ser encontrados aqui.

Relatórios de conversão

Aqui você pode acompanhar como andam as metas que foram pré-estabelecidas e a receita gerada.

Metas

Nesta seção você tem um resumo de como andam todas suas metas estabelecidas no Mobile App Analytics da Google, as conclusões, taxa de conversão e de abandono das metas programadas.

É possível acompanhar as metas vinculadas a cada uma das telas do aplicativo e acompanhar seu desempenho individual. O caminho que o usuário percorre até uma das metas também pode ser analisado, ajudando a identificar os gargalos que impedem a conclusão da meta.

Comércio eletrônico

Aqui você tem acesso a todos os dados do seu comércio eletrônico, caso seja um aplicativo que venda.

Dados como receita, transações, sessões com transações, o valor do seu ticket médio, produtos mais vendidos e o tempo gasto pelo cliente até que efetue a compra estarão presentes nessa aba do Mobile App Analytics da Google.

É possível ter os dados de cada produto separadamente, facilitando a definição de metas para cada um em relação a quantidade e valor que deve ser alcançada.

Saiba mais informações sobre os relatórios de conversão.

Existe apenas o Google Analytics?

Existem diversas ferramentas de Mobile App Analytics, fizemos uma análise do Google Analytics por ser uma plataforma que é bem difundida e gratuita.

Inclusive o próprio Google oferece um curso gratuito sobre a ferramenta, para que os usuários saibam como utilizar todas as ferramentas oferecidas.

Há outras opções ainda como o Flurry da Yahoo,  Apple App Analytics, Apsalar, Amplitude, entre muitos outros.

O que é medido por todas as ferramentas é bem parecido. Assim cabe a você decidir qual das plataformas de Mobile App Analytics  atende completamente suas necessidades e que você tem mais facilidade em acompanhar.

Mas além dessas outras, devemos passar por mais duas ferramentas fundamentais para a análise do seu aplicativo e da otimização para as lojas de aplicativos — vulgo ASO.

App Store Connect

Toda a publicação e gerenciamento de conteúdos para os dispositivos Apple eram feitos através do iTunes Connect. Isso mudou para os apps quando a Apple lançou, em 2018, o App Store Connect, servindo como plataforma exclusiva para os app mobiles iOS, cabendo ao iTunes somente o gerenciamento de músicas e áudios.

A Apple promete que informações exclusivas sobre seu aplicativo podem ser acessadas através da App Store Connect. Dentre essas informações, com ele será possível conhecer dados sobre downloads, desinstalações, impressões na App Store, quedas do app, motivos de cancelamento, entre outros.

A melhor parte é não requerer a implementação de código para usar a plataforma. Todo esse compilado de informações podem ser acessados através da sua página de usuário na plataforma, ganhando acesso às ferramentas App Analytics, Vendas e Tendências e Pagamentos e Relatórios Financeiros.

App Analytics

Gráficos com as taxas de impressão, visualização de página, unidades de aplicativos, vendas no aplicativos, vendas, sessões, dispositivos e quedas.
fonte: https://help.apple.com/app-store-connect/#/itc14b94d665

Com a ferramenta App Analytics você poderá acessar informações gerais sobre seu app. A primeira página do recurso apresenta dados como volume de impressões, acessos na página do seu app na loja, quantas instalações foram feitas (e as que permanecem ativas), entre outras que podemos checar na imagem abaixo.

Há também o painel de métricas, o qual você pode criar um gráfico com as variáveis (dispositivo, versão de iOS, região, território, campanha, etc.) que deseja para compará-las e analisá-las dentro de um determinado período. Este painel segue a mesma lógica de acompanhamento de métricas que já falamos sobre o Google Analytics. Portanto, se você está acostumado com gráficos, já sabe a relevância de criar esse método de visualização de dados.

E a melhor parte é que todas as informações podem ser baixadas para você usar da forma que for melhor, seja numa planilha do Excel ou no Power BI.

Enquanto isso, o campo de sources irá informar por quais palavras-chaves seus usuários estão te encontrando na App Store, os backlinks que seu app está recebendo e informações sobre suas campanhas de anúncios.

fonte: https://help.apple.com/app-store-connect/#/itc14b94d665

Por fim, nos deparamos também com o painel de retenção. Ou seja, informações sobre o volume de instalações, quantos dispositivos ainda mantém seu app instalado e número de desinstalações. O App Analytics fornece uma análise coorte, cuja a qual é possível visualizar em porcentagem essas informações ao longo dos dias.

Gráfico de análise coorte
fonte: https://help.apple.com/app-store-connect/#/itc14b94d665

Vendas e Tendências

O nome da ferramenta já é bastante explicativo. O Vendas e Tendências servirá para checar a performance das vendas dentro do aplicativo, bem como a receita gerada, dados de assinaturas, retenção, território as quais estão sendo feitas as compras, taxas de conversão, entre outros.

Para documentar todas essas informações, a ferramenta Pagamentos e Relatórios Financeiros será a sua aliada, permitindo baixar todos os reports que você desejar.

Google Play Console

Além do Google Analytics, podemos contar também com o Google Store Console, que fica encarregado de fornecer informações mais diretas sobre seu aplicativo Android. Volume de instalações e desinstalações, compras, taxas de falhas do app e mais. Tudo isso podemos acessar nos painéis que veremos a seguir:

Estatísticas

O painel de estatísticas será o principal aliado para entender o desempenho do seu aplicativo em diversas instâncias:

  • Usuários: saiba individualmente quantas vezes um usuário instalou e desinstalou seu aplicativo;
  • Dispositivo: veja o volume de instalações que permaneceram ativas nos últimos 30 dias; avaliações do app, etc;
  • Qualidade: tamanho do arquivo de download (apps mais “pesados” significam que são mais robustos e com melhor qualidade) e tamanho final do app após instalação (alguns requerem atualizações antes de proceder com as atividades dele, eventualidade comum nos games);
  • Pré-registro: lá na fase de publicação do app, você pode configurar uma data de lançamento dele. Até lá, alguns usuários podem se interessar em levantar a mão para dizer que quer te baixar. A partir daí você pode acompanhar quantos realmente converteram.
Captura de tela do cabeçalho da página do jogo League of Legends na Play Store. À direita, há o botão para fazer o pré-registro.
fonte: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.riotgames.league.wildrift

Store Presence

Seu app só vai para as lojas de aplicativos com uma finalidade: serem vistos e baixados pelos usuários. É aqui que a Presença na Loja vai atuar, sendo um painel essencial para o ASO. Nele que você irá modificar o título, descrição curta e completa do app e o gráfico de recursos (os printscreen e vídeos).

As informações de preço, disponibilidade do app (Wear OS, Android TV e Android Auto), e testes A/B também são configuradas nessa seção do Google Play Console.

User Acquisition

É na Aquisição de Usuários que saberemos o volume de usuários, acompanhando desde a primeira instalação, canais as quais eles chegaram até seu app (mídias pagas ou orgânico) e taxas de retenção.

O gerenciamento dos ads no Google Play Store também é nesse painel.

Gráfico de instalações e retenção da Google Play Store.
fonte: https://thetool.io/

Android Vitals

Um dos KPIs muito importantes de acompanhar e de suprimir ao máximo é a taxa de falha. Isso porque ela interfere diretamente no rankeamento do seu app, logo, quanto menor a taxa, maiores as chances estar bem no ranking.

Este acompanhamento você fará com o Android Vitals, o qual funcionará como um debugador do seu app. Ou seja, essa é uma ferramenta bastante útil para os seus desenvolvedores.

Não se esqueça da análise qualitativa

Quando o assunto é criar uma ótima experiência de usuário para seu aplicativo, números sozinhos não são capazes de lhe dizer tudo. Por isso, você irá precisar de uma ferramenta que mostre exatamente onde os problemas estão. Isso é análise qualitativa.

A Appsee é considerada uma líder no mercado quando se trata de análise qualitativa. Sua poderosa ferramenta — que inclui gravações das sessões do usuário, mapa de calor do touch, relatórios detalhados de falhas — fornece ao administrador insights necessários para melhorar a retenção de usuários e aumentar as taxas de conversão.

O diferencial dessa ferramenta está na qualidades dos dados. A plataforma permite que você aprenda os “porquês” por detrás das principais métricas, o que permite identificar áreas específicas para melhorar.

Concluindo

Como já pontuamos ao longo de todo esse post, acompanhar as ações do seu usuário e as métricas permite identificar os principais problemas de seu App. Ao solucionar esses problemas, seu usuário ficará mais tempo no seu aplicativo, aumentando suas taxas de utilização e conversão.

Por isso é importante monitorar o comportamento do seu usuário, investir tempo na análise dos dados, identificar e corrigir os códigos, e otimizar o layout. Só dessa maneira o seu aplicativo estará sempre atualizado com o que os usuários esperam, garantindo o sucesso e a lucratividade do seu App!

Quer continuar no assunto? Então conheça nossas dicas para aumentar o engajamento no seu app!

Gostou do conteúdo? Compartilhe e mostre o que você aprendeu!


  • Marketeam
  • Equipe de Marketing
  • Ninguém jamais deveria levar o crédito pelo trabalho de outras pessoas! Certos artigos aqui na Usemobile são criados de forma tão colaborativa que é impossível atribuir-lo a uma só pessoa. Por isso, este artigo é do time que joga na linha de frente, o Marketeam.

6 comentários no post “Mobile App Analytics: avalie o desempenho do seu aplicativo

  1. Interessante o seu artigo, estou começando a trabalha neste nicho de mercado.
    Para aparece os primeiro resultados de um aplicativo que fatores devem ter tipo: tempo publicação, quantidade de downloads, atualizações,etc..

    1. Bom dia Cristiano,

      Após a publicação do seu aplicativo, para que ele tenha mais downloads é interessante que seu aplicativo tenha um bom número de avaliações positivas nas App Stores; a quantidade de downloads também é um fator que leva muitos usuários a baixarem seu app; ter uma boa usabilidade (tempo que as pessoas passam utilizando seu aplicativo), então desenvolvê-lo pensando na experiência do seu usuário é um ponto chave; desenvolvê-lo pensando em como as pessoas os encontrarão nas App Stores é muito importante para elevar a taxa de downloads, inclusive se quiser dar uma conferida no nosso artigo sobre ASO pode te ajudar bastante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Que tal assinar a nossa newsletter

Conteúdos exclusivos, dicas e eBooks diretamente no seu e-mail.