escalar-um-aplicativo

Como lançar e escalar um aplicativo com orçamento apertado

Só porque você não tem 10 milhões de reais para largar seu emprego, contratar uma equipe de estrelas e lançar um aplicativo com todos os recursos e funcionalidades que você pode imaginar, não significa que a sua startup esteja fadada ao fracasso. Na verdade, você provavelmente está melhor assim.

Aproveite para saber mais sobre startups rentáveis.

Algumas das maiores startups de sucesso começaram como projetos paralelos.

Atualmente eu atuo como Diretor de negócios aqui na Usemobile, uma software house responsável por desenvolver diversos aplicativos móveis de destaque nacional.

Neste post, vou abordar algumas dicas para ajudá-lo a encontrar seu caminho e lançar um aplicativo de sucesso com um orçamento apertado. Todo esse conteúdo foi baseado em nossas próprias experiências, adquiridas ao longo de mais de 50 aplicativos desenvolvidos nos últimos 3 anos.

Então vamos a pergunta que mais interessa:

Como lançar e escalar um aplicativo com orçamento apertado?

Resolva um problema

A princípio, essa dica pode parecer muito obvia, mas na prática muitas startups se esquecem disso na hora de escalar um aplicativo. O foco principal da sua startup deve ser no problema e não na possível solução. Mas afinal, como encontrar um problema real que ainda não foi resolvido?

A sugestão mais prática é começar buscando problemas em sua experiência pessoal. Que problema você ou um parente próximo enfrenta no dia-a-dia?

Vamos colocar um exemplo prático. Recentemente o Brasil passou por uma longa crise financeira. Aumento no desemprego, proporcionou que diversas pessoas buscassem fazer bicos em suas horas vagas. Isso estava por todo Brasil. Pensando nesse problema, Nelson e Giovani nos procuraram querendo desenvolver um aplicativo que conectasse prestadores de serviços com pessoas que precisassem desses serviços. Desde o inicio, auxiliamos a criar um aplicativo que solucionasse o problema de falta de emprego e também de pessoas que procuram prestadores de serviço. E assim, surgiu o aplicativo Sem Patrão.

Converse com seus clientes – amigos, familiares, qualquer pessoa que enfrente o problema que você está tentando resolver. Descubra a complexidade do problema que eles enfrentam (seus “pontos problemáticos”). Identifique as soluções alternativas que são utilizadas, pontue os pontos positivos e negativos, isso será fundamental no momento de escalar um aplicativo.

Adquira habilidades essenciais

Muitos “candidatos” a empreendedores tem receio em dar o pontapé inicial e começar sua startup, por acharem que não possuem habilidades suficientes para ter sucesso. A boa notícia é que você não precisa de um diploma universitário em Oxford, nem ser mestre em Ciência da Computação para ter uma startup tecnológica.

Com a evolução da Internet, diversos recursos estão disponíveis a um clique de distância, se não souber como fazer algo, pode aprender sozinho, dentro do quarto. Udemy, Coursera, Youtube e freeCodeCamp são plataformas onde você pode aprender design, programação e até marketing.

Observação: Para aprender programação, em particular, você precisará dedicar muito tempo e esforço para aprender e dominar. Praticar quatro a seis horas por final de semana não irá lhe prejudicar.

Além disso, você não precisa dominar tudo. É aqui que você encontra uma equipe. Você pode participar de encontros, hackathons ou conectar-se a outras pessoas on-line em fóruns e redes sociais. Atualize seu Linkedin e utilize para se conectar com pessoas que irão somar no desenvolvimento e crescimento de sua startup e também auxiliando no momento de escalar um aplicativo.

Comece pela aparência (Layout)

escalar um aplicativo - layout

Com 3 anos de desenvolvimento de aplicativos na Usemobile, percebemos que o layout bem elaborado, gastando-se mais tempo para entender o fluxo e propor uma UX, irá evitar um retrabalho durante o desenvolvimento. Contudo, em termos de custo, a etapa de criação de layout é muito mais barato que o desenvolvimento.

O design é mais fácil, barato e rápido. Não é necessário programação e você pode criar sozinho, com apenas papel, caneta e muita disposição. Liste tudo que você sabe sobre o problema que quer resolver, todas as informações que você coletou de seus clientes é fundamental.

Faça um esboço em um caderno de algumas ideias de como imaginou o aplicativo. Deixar apresentável e bonito é um plus. Apresente essas ideias para alguns clientes em potencial. O objetivo é validar, na medida do possível, se as funcionalidades que você projetou fazem sentido para o público alvo. Essa etapa, deve ocorrer diversas vezes, continue a iterar e melhorar as funcionalidades.

A medida que o layout for tomando forma e se tornando mais profissional, utilize ferramentas de design. Aqui na Usemobile, utilizamos o Adobe XD, Sketch e InVision. Softwares ideais para criação e apresentação do layout.


  • Conrado Carneiro
  • Diretor de Negócios
  • Diretor de negócios na Usemobile atua diretamente na criação de produtos: Da ideia ao lançamento. Apaixonado por tecnologia, tem como hobby o estudo de UI/UX mobile. Atleticano por opção! "As pessoas vêem aquilo que elas querem ver"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *