Metodologia Scrum para desenvolvimento de aplicativos

Quando o assunto é metodologias para desenvolvimento de softwares, tem-se ouvido muito o termo “ágil”. Mas, você sabia que ele foi criado em 2001 por um grupo de desenvolvedores que sentiam a necessidade de algo transparente, rápido e adaptável. Assim, foi criado o Manifesto para Desenvolvimento Ágil de Software (Agile Manifesto) que dizia o seguinte:

Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software, fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a fazerem o mesmo. Através deste trabalho, passamos a valorizar:

Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas
Software em funcionamento mais que documentação abrangente
Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos
Responder a mudanças mais que seguir um plano

Ou seja, mesmo havendo valor nos itens à direita, valorizamos mais os itens à esquerda.

Com base nestes conceitos foram criados diversos frameworks. Também chamados de metodologias ágeis, todos tem seu devido valor. Mas, dentre elas existe uma que vem sendo cada vez mais utilizada, não só no desenvolvimento de aplicativos, mas em diversas outras áreas, o Scrum.

O que é Scrum?

O Scrum foi introduzido na década de 1980, mas não começou a crescer na popularidade até os anos 90, quando o desenvolvimento de software começou a tender para projetos menores, como aplicativos e tecnologia móvel.

Com uma abordagem direta, o que o torna atraente para muitos gerentes de projetos, o Scrum é a melhor solução quando o assunto é flexibilidade. Por isso, é amplamente utilizado para o desenvolvimento de aplicativos. Em geral, a metodologia Scrum pretende fazer o seguinte:

  • Melhorar o atendimento ao cliente
  • Entregar o software em um ritmo acelerado
  • Promover o trabalho de equipe entre desenvolvedores e as partes interessadas.
  • Medir os resultados com base no trabalho concluído
  • Permitir que as equipes se auto-organizem

Projetos que podem ser separados em seções distintas de funcionalidade são particularmente adequados ao Scrum. Além disso, é importante que tais projetos possam ser entregues dentro de um prazo fixo, ou sprint, geralmente abrangendo uma ou duas semanas. Ao contrário das abordagens tradicionais em cascata, o Scrum não exige que a equipe crie requisitos detalhados antes que o trabalho possa começar.

A metodologia Scrum é flexível o suficiente para encurtar o tempo de preparação. E se a equipe receber um novo feedback ou as mudanças do mercado, novos sprints podem ser introduzidos com relativa facilidade. Além disso, requer comunicação cara-a-cara regularmente, e os papéis são claramente definidos para que cada membro da equipe conheça suas responsabilidades.

Como a metodologia Scrum funciona?

No rugby, scrum é o momento onde todos os jogadores colocam suas cabeças juntas. Da mesma forma, quando se trata do desenvolvimento de aplicativos, scrum é o momento onde os desenvolvedores juntam suas cabeças para resolver problemas complexos.

O desenvolvimento começa com uma lista dos recursos a serem incluídos – há também um backlog do produto. Então, a partir deste ponto a equipe se reúne para discutir:

  • O backlog;
  • O que ainda precisa ser completado;
  • Quanto tempo irá levar.

O Scrum conta com um conceito de desenvolvimento de software ágil chamado Sprints:

  • Sprints são períodos de tempo em que o desenvolvimento de software é realmente feito.
    • Um Sprint geralmente tem a duração de uma semana à um mês para completar um item do backlog.
    • O objetivo de cada Sprint é criar um produto viável.
    • Cada Sprint termina com um Sprint review.
    • Em seguida, a equipe escolhe outro backlog para desenvolver – O que inicia um novo Sprint.
    • Os Sprints continuam até a deadline do projeto.

No Scrum diário, as equipes se reúnem para discutir seu progresso desde a reunião anterior e fazer planos para esse dia.

  • As reuniões devem ser breves – não mais do que 15 minutos.
    • Cada membro precisa estar presente e preparado.
    • O Scrum Master mantém o time focado no objetivo.

Scrum para desenvolvimento de aplicativos

Por se tratar de uma metodologia ágil o Scrum permite ao time de desenvolvimento se adaptar às novas tendências do mercado, mesmo antes de finalizar o projeto. Além disso, essa metodologia traz diversas vantagens, dentre elas:

1 – Melhora a qualidade do aplicativo

Como o teste e o controle de qualidade são integrados a cada sprint durante o processo ágil, o aplicativo é verificado em todos os estágios, garantindo que ele seja desenvolvido de acordo com o padrão de qualidade definido, selando assim seu futuro em termos de alto desempenho e aceitação.

2 – Maior satisfação do cliente

Como o método ágil é baseado no envolvimento dos clientes em cada ponto, eles têm um acesso claro ao progresso do aplicativo, já que recebem uma demonstração do aplicativo com cada conjunto de recursos recém-adicionados após cada sprint.

3 – Maior transparência

Como a prática da metodologia ágil é baseada no envolvimento de todos que fazem parte do processo de desenvolvimento de aplicativos móveis mais o cliente, todos sabem o trabalho exato que deve ser feito e seu status.

4 – Retorno mais rápido do investimento

Uma das vantagens associadas à metodologia Scrum é o desenvolvimento e o ROI mais rápidos. Com a ajuda do Scrum, as empresas podem iniciar o processo de desenvolvimento muito mais rápido. Além disso, são capazes de ocupar várias áreas do processo ao mesmo tempo.

Considerações finais

O desenvolvimento de aplicativos tem que ser flexível e rápido para atender a um mercado que muda constantemente. Por isso, se você compreender os benefícios que a metodologia de desenvolvimento ágil de scrum trará e se estiver preparado para mudar seu processo de trabalho, siga em frente. Mas garanta que você tenha suas partes interessadas e equipe a bordo com a ideia.

Conhece outra metodologia para desenvolvimento de softwares? Diga-nos qual aqui nos comentários.


  • Vitor R. Galante
  • Gerente de Marketing
  • Viciado em novas tecnologias, adoro e me entusiasmo com novidades. Escrever artigos sobre os mais diversos temas tecnológicos me traz paz de espirito. Morar, trabalhar e estudar em Ouro Preto me fez entender que tradição e inovação podem sim andar juntas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *