Squads as a Service: quando e como contratar?

Tags:    

Receba atualizações semanais no e-mail

Também conhecido como team as a service, os squads as a service são uma solução de terceirização já antiga entre as relações organizacionais, sobretudo dentro de fábricas. É comum vermos em indústrias muitas empresas terceirizadas que desempenham papéis alocadas dentro do ambiente das indústrias, sendo os trabalhadores tendo nenhum vínculo empregatício com elas, a não ser com as terceirizadas que os contrataram.

Essa é a mesma lógica para os Squads as a service, também com a função de alocação de squads dentro das empresas, porém no contexto de tecnologia.

Aprofundaremos mais neste assunto ao decorrer deste artigo. Vamos lá?

O que é squad as a service?

O squad as a service é um modelo de terceirização para alocação de times multidisciplinares, podendo ser incluídos product owner, product manager, tech leads, UX designers, desenvolvedores e demais outras ocupações da tecnologia. Este é um modelo utilizado sob demanda o qual o investimento se dá pelos cargos, senioridade e também tempo de dedicação mensal.

Muitas das vezes, esses squads se apoiam em metodologias ágeis, o que permite dizer que há casos de alocações de squads ágeis de desenvolvimento, como oferecemos aqui na Usemobile, inspirados no modelo de desenvolvimento executado pelo Spotify, no qual equipes multidisciplinares enxutas ficam responsáveis por áreas específicas dos projetos.

Quais os tipos de projetos os squads atendem

Possuímos dois tipos de projetos:

  • Escopo aberto
  • Escopo fechado

Em qualquer tipo de projeto os squads são aproveitáveis. No entanto, os escopos fechados acabam por preferir outros formatos de terceirização, isso porque eles já possuem uma previsibilidade de orçamento e requisitos de softwares que serão atendidos ao longo de todo o desenvolvimento.

Em contrapartida, projetos de médio e longo prazo, dito os escopos abertos, sobretudo aqueles que são necessárias constantes manutenções de software, os squads as a service atendem melhor ao formato.

Afinal, geralmente são produtos que já estão em produção e necessitam de constantes atualizações dos roadmaps para melhor atender aos públicos e necessidades do mercado.

Dito isso, os squads atuam de forma exclusiva para que vistam a camisa do projeto, contribuindo não somente com o desenvolvimento, mas também agregando com o know how e bagagens de atuações anteriores. A lógica é semelhante a se ter uma equipe interna, porém alocada externamente. Pelo menos essa é a forma que trabalhamos na Usemobile.

Qual a diferença entre squad as a service e terceirização?

A terceirização, que também chamamos de outsourcing de TI ou outsourcing de desenvolvimento, também é a contratação de outra empresa para exercer uma função para a sua.

Essa é uma premissa idêntica ao squad as a service, com o diferencial de que, na terceirização, todo o processo de desenvolvimento fica por conta da empresa contratada. Assim, o contratante participa mais do processo inicial de concretização do escopo do projeto e validação das entregas. Essa é a melhor forma de desenvolver seu produto dentro do orçamento e ter um controle total sobre os custos e prazos do projeto.

Em contrapartida, no squad as a service é possível escolher os talentos desejados para o projeto, suas senioridades e também ter controle da gestão, pois já há um contato maior da contratante com as pessoas terceirizadas envolvidas no processo. Para além da comunicação, isso significa também que o team as a service oferece maior flexibilidade para ajustar prioridades e demais requisitos do projeto.

Resumindo, as principais diferenças entre squad as a service e outsourcing são:

  • Comunicação;
  • Controle de gestão;
  • Controle de orçamentos e prazos;
  • Talentos envolvidos;
  • Flexibilidade;

Vantagens de contratar squad as a service

Embora algumas informações possam soar repetitivas, é importante destacar que elas são partes das vantagens dos team as a service e que esse modelo de terceirização oferece mais ainda:

Qualidade

Uma vez que se trata de uma equipe multidisciplinar, diferentes expertises são agregadas aos times, bem como suas senioridades. Isso significa, portanto, que uma maior qualidade é agregada ao desenvolvimento.

Além disso, considerando que os squads trabalham exclusivamente para seu projeto, os envolvidos não se distraem com prioridades de outros projetos. Isso acaba por ser mais um fator que garante a qualidade, permitindo que a equipe verdadeiramente vista a camisa do projeto e contribua com ele de forma engajada, principalmente quando há match entre as culturas das empresas.

Agilidade

Os squad as a services costumam utilizar de metodologias ágeis como o Scrum. Com isso, o desenvolvimento do projeto acontece de forma contínua para que sejam realizadas entregas com uma periodicidade contínua, possibilitando ver mais rapidamente os resultados do time.

Exclusividade e flexibilidade

Uma vez que os squads estão dentro das empresas atuando diretamente com os profissionais da contratante, e a gestão também mais próxima da contratante, a equipe fica por conta. Esse também é uma vantagem oferecida pela exclusividade dos squads. 

Assim, as priorizações do projeto podem ser facilmente modificadas, sobretudo porque não é obrigatório seguir um escopo definido, motivo pelo qual tornam os squads uma vantagem para os projetos de longa duração.

Foco no core business

Com uma equipe dedicada para desenvolver o projeto, as pessoas por conta da gestão do produto não precisam se preocupar com questões técnicas, micro gerenciamentos e gestão de pessoas. Assim, suas atenções ficam livres para se dedicarem ao negócio.

Como calcular os custos de um squad as a service?

O primeiro requisito para este cálculo é saber quais são as competências necessárias para o projeto: UX design, product owner, tech leaders, desenvolvimento Android nativo, desenvolvimento iOS nativo, Flutter, dentre outras possibilidades. A consciência a respeito da senioridade das pessoas também se faz necessária.

Definido este ponto, já podemos pensar em duas formas de contratação do team as a service:

Tempo

Uma vez que cada pessoa possui o seu valor por hora de atividade, isso é levado em consideração na hora de calcular o investimento.

O primeiro passo é entender qual é o tempo de dedicação mensal esperado para o squad. É necessário que o squad se dedique tal como um time interno, isto é, cada pessoa com 160 horas de dedicação mensal?

Se o seu projeto requisita apenas 1 product owner, 1 UX designer e 2 desenvolvedores Flutter, teremos o total de 640 horas mensais ao considerar dedicação total. Assim, o investimento total será será a multiplicação pelo valor de trabalho de cada e a hora. Exemplo: a hora do UX designer é R$50, logo, seu valor mensal total será R$8.000.

O tempo de dedicação final e quantidade de pessoas necessárias são requisitos que variam de projeto para projeto, o que me faz reiterar a importância de ter estes detalhes definidos antes. Lembrando também que cada squad as a service tem a sua precificação.

Fee

Para maior flexibilidade e menos necessidade de gestão de tempo e orçamento, há também a opção de investimentos com um valor fixo mensal ou por sprint, o que significa que a equipe pode ser acionada ao longo de cada sprint sem se preocupar com o orçamentos e horas de dedicação, pois já foi garantida a dedicação dela na contratação.

Aqui na Usemobile temos clientes neste escopo, no qual nosso squad atua ativamente participando de reuniões de ritos como dailys, plannings e afins, contribuindo com o projeto de forma ativa desde o planejamento até a execução. Esse foi um caso que vivemos com a Unimed de São José do Rio Preto.

Como contratar um squad as a service?

Há um passo a passo básico que ajuda bastante nesse processo de contratação:

  1. Levantar as necessidades do seu projeto;
  2. Buscar por empresas que ofereçam o serviço, seja pesquisando no Google ou indicações de pessoas confiáveis;
  3. Verificar a compatibilidade dos cases de sucesso das empresas com os requisitos do seu projeto;
  4. Levantar os benefícios e desvantagens de contratar essas empresas;
  5. Verificar o fit cultural, pois é fundamental para se ter uma relação de TI saudável;
  6. Certificar da qualidade da comunicação das empresas, pois é fundamental que as comunicações sejam eficientes e eficientes, sendo este um dos principais requisitos pro sucesso do projeto;
  7. Ponderar os benefícios e desvantagens com os valores de investimentos e tome sua decisão.

Que tal começar conhecendo os cases da Usemobile e entrando em contato com nossa equipe? Fale diretamente com nosso CTO para entender dos nossos processos e vantagens:

Leve a potência mobile para seu negócio

Os squads de desenvolvimento ágil da Usemobile são a solução para alavancar os resultados da sua empresa. O trabalho é todo nosso para que sua empresa usufrua dos resultados.

Tópicos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Estamos contratando, venha conferir nossas vagas