Como abrir um Uber para motoboys em minha cidade

Existe um restaurante em sua cidade que não possui entrega? Já imaginou como seria bom se houvesse um serviço que buscasse a comida para você. Já esqueceu algo em sua casa e se atrasou todo para ter que buscar? Agora, imagine poder pedir, com apenas alguns toques, um motoboy para buscá-lo.

As situações citadas acima são alguns dos problemas que enfrentamos em nosso dia a dia que podem ser facilmente resolvidas com um aplicativo do tipo Uber para motoboys.

Esse app já existe!

Recentemente, a startup colombiana, chamada Rappi, iniciou suas operações no Brasil. O aplicativo trabalha como um “delivery de tudo”, isto é, ele permite que você faça compras em diferente locais, desde farmácias até loja de roupas. E tudo isso com a comodidade de receber em casa, ou onde quer que você esteja, com apenas alguns toques no celular.

Por sua estrutura semelhante ao Uber o serviço pode ser facilmente replicado e personalizado.

Então eu vou competir com o Rappi ou a Uber?

Resposta curta: não.

Mesmo a Uber sendo uma das maiores empresas de mobilidade urbana do mundo, eles não conseguem atender as diversas regiões de um país. O mesmo acontece com a Rappi, hoje, ela está disponível em apenas 30 cidades brasileiras, sendo que são 13 capitais e cidades próximas a ela.

Além disso, o aplicativo da Rappi funciona como um shopping, existem diversas lojas parceira que vendem seus produtos no app, porém, hoje, grande parte das lojas presentes são de grandes redes de atuação nacional. Isso significa, que as grandes empresas regionais ainda não fazem parte deste tipo de aplicativo.

Todo esse espaço pode ser explorado por você!

Como abrir um Uber para motoboys

Um aplicativo do tipo Uber para motoboys é considerado um aplicativo sob-demanda. Estes possuem tempo e custo de desenvolvimento menor devido a suas funcionalidades serem muito parecidas com outros apps existentes.

Para criar um Uber para motoboy é necessário o desenvolvimento de 4 softwares. Um aplicativo móvel para fazer pedidos, outro app para os motoboys e um painel administrativo para o dono do aplicativo e outro para as lojas parceiras. 

Principais recursos do aplicativo para fazer pedidos

  • e-commerce: Um espaço onde as lojas e marcas parceiras possam vender seus produtos.
  • Sessão para Qualquer coisa: Uma sessão onde você pode pedir qualquer produto ou restaurante que deseja. Desde um sorvete até um iPhone.
  • Sessão para Entregas Urgentes: Uma área onde o usuário pode enviar uma encomenda, buscar chaves até pagar suas contas.
  • Geolocalização: Acompanhar entregador em tempo real
  • Calculadora de tarifas: Saber quanto vai custar o pedido.
  • Mensagens: Para comunicação com o entregador, pode ser feito por sms, in-app ou por e-mail.
  • Gateway de pagamentos: Um sistema de pagamentos in-app para facilitar toda transação
  • Sessão para avaliar entregadores: As avaliações são fundamentais para aplicativos desse tipo. Assim, o administrador consegue ter um controle de qualidade da frota

Principais recursos do aplicativo para entregadores

  • Geolocalização: Para saber onde buscar e entregar.
  • Recibos eletrônicos automáticos: O recibo de cada entrega feita.
  • Cálculo automático de tarifas: Acesso ao cálculo de quanto vai sair a entrega.
  • Mensagens: Para comunicação com o cliente, pode ser feito por sms, in-app ou por e-mail.

Dashboard administrativo do dono

  • Gerenciamento de reclamações
  • Sistema de rastreamento de veículos (GPS)
  • Gerenciamento de receita
  • Configurações de limite de geolocalização (até onde os entregadores podem ir)
  • Hora de chegada e partida dos entregadores
  • Cobranças e estornos
  • Comissão dos entregadores

Dashboard administrativo da loja

  • Gerenciamento de receita
  • Cobranças e estornos
  • Banco de clientes
  • Controle de produtos
  • Relatórios de performance

Quanto custa abrir um Uber para motoboys?

Por possuir 4 aplicativos o preço de um Uber para motoboys pode variar de R$ 150.000,00 à R$ 250.000,00. Apesar de parecer um investimento alto, é preciso ressaltar que existem diversas maneiras onde o aplicativo pode ser monetizado. Abaixo alguns exemplos de regras de negócios:

Monetização das lojas parceiras

Esse é um modelo conhecido na internet, a gigante Amazon funciona dessa forma, este é conhecido como Marketplace. As duas formas mais comuns de monetizar-lo são:

  • Assinatura – As lojas pagam uma assinatura mensal para poder ter direito ao espaço de vendas dentro do seu app.
  • Taxa no produto – Cobrar uma pequena % em cima dos produtos vendidos.

Ambas possuem vantagens e desvantagens, cabe a você entender quem são os principais parceiros chaves e como será a melhor forma de oferecer esta parceria.

Tarifa nas corridas

O seu aplicativo é um delivery e como a Uber você pode cobrar uma tarifa em cima de cada corrida feita pelos motoboys.

Não espere nem mais um segundo

A Rappi está engatinhando em suas operações e por se restringir aos grandes centros, cidades de médio e grande porte estão fora de seu radar. Talvez inciar um serviço com tantas funcionalidades possa ser um grande passo a se tomar. Por isso, avalie bem suas opções, talvez seja melhor iniciar um serviço mais simples e futuramente implementar as demais funcionalidades.

Se você deseja ter um orçamento detalhado e gratuito de um aplicativo do tipo Uber para motoboys entre em contato e lhe enviaremos uma proposta o mais rápido possível.


  • Vitor R. Galante
  • Gerente de Marketing
  • Viciado em novas tecnologias, adoro e me entusiasmo com novidades. Escrever artigos sobre os mais diversos temas tecnológicos me traz paz de espirito. Morar, trabalhar e estudar em Ouro Preto me fez entender que tradição e inovação podem sim andar juntas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *