Como colocar sua ideia de aplicativo estruturada em prática

O uso de aplicativos cresce tanto quanto sua produção. Segundo uma pesquisa da TechCrunch, os usuários de smartphones usam cerca de 9 apps durante o dia e 30 durante um mês. A estatística é alta e o mercado é promissor, exatamente por isso quando se tem uma ideia de aplicativo vale a pena investir.

Ideia de aplicativo estruturada, negócio planejado

A regra é simples e funciona na maior parte dos casos. Tem uma ideia de aplicativo? Construa sua estrutura e monte seu plano de negócio. Dessa forma, será possível definir os pontos fortes, fracos, as oportunidades e os motivos pelos quais sua ideia é válida.

Além da parte estratégica, é possível analisar os possíveis segmentos de mercado, propostas de valor, lucros e investimentos que seu projeto irá precisar.

Com um plano bem montado e voltado para a atualidade do mercado, está na hora de passar para o outro ponto do desenvolvimento de uma ideia. Ou seja, buscar ajuda monetária para o seu aplicativo.

Como encontrar investidores

O primeiro objetivo em procurar investidores é buscar ajuda financeira para iniciar a produção do seu app.

Mas, antes de buscar um investidor é necessário estar preparado para apresentar seu negócio de forma a conquistá-la. Por isso, ter o plano de negócios definido é importante.

Quando se tem uma ideia estruturada mostrando seus pontos fortes, fracos, monetização e desafios já previstos é mais fácil vender sua ideia de aplicativo ao futuro investidor.

Outra dica é estar informado além dos aspectos internos do seu app. Busque informações sobre o mercado atual, novidades e estatísticas.

Com o mercado aquecido, os locais para se buscar ajuda monetária aumentam também. Algumas opções disponíveis são:

De modo simplificado, os investidores anjo costumam ser pessoas do ramo empresarial, desde executivos a empreendedores. O foco principal é ter uma pessoa que, além de ajudar financeiramente, tem um bom conhecimento de mercado, visão estratégica e alta  capacidade de identificar oportunidades de negócio.

A venda de participação pode ocorrer de várias formas, escolha a que melhor se adequa de acordo com o modo de monetização do seu app e considere os gastos totais do mesmo. A divisão do equity, ou seja, o patrimônio líquido do app dividido pelos sócios, deve ser conversada desde o início da parceria, para que problemas futuros não aconteçam.

No caso das aceleradoras é preciso encontrar uma que se adeque ao mercado no qual sua ideia de aplicativo está inserida e montar um sistema de financiamento e participação que seja adequado para todas as partes envolvidas.

Como o dinheiro na mão e o plano de negócio pronto é hora de avançar no check list e decidir em qual empresa sua ideia de aplicativo será desenvolvida.

Escolha da empresa desenvolvedora

Está é umas das princípais etapas do processo de construção de um aplicativo.

Não basta que sua ideia seja relevante para o mercado e possua bons investidores. É necessário que o funcionamento do app gere uma boa experiência ao seu usuário. Para conseguir isso é preciso cuidado na hora de escolher a empresa que irá desenvolver.  

Para fazer a escolha certa é necessário passar por vários setores da empresa. Conhecer um pouco da história da mesma no mercado, buscar referências, saber quem fará parte da equipe de funcionários que irá transformar sua ideia de aplicativo em realidade.

Enfim, esse é o momento de ampliar o máximo possível seus horizontes. Como o mercado é muito disputado e está em alta nos últimos tempos, as opções são variadas.

Mas, nem sempre oferta grande é sinal de qualidade. Por isso separei alguns pontos importantes a serem analisados antes de efetuar a contratação.

Então anote essas dicas rápidas:

  • Conheça o trabalho da empresa. Procure saber quais aplicativos já foram desenvolvidos pela organização. Procure analisar as funções usadas, seu funcionamento e faça uma análise como usuário do app. Essa é uma das formas de conhecer mais sobre o trabalho da empresa.

 

  • Faça vários orçamentos. É preciso entender que nem sempre o mais barato é a melhor opção. A análise do orçamento deve ser feita através das diferentes vantagens que as empresas oferecem. Você pode buscar dados sobre tempo de entrega, preço, qualidade, experiência e forma de produção.

 

  • Não tenha medo de perguntar. Você vai querer que tudo ocorra de forma correta e seu app seja lançado dentro do prazo, para isso não tenha medo de perguntar. Dúvidas são normais, ainda mais quando se trata de um setor no qual você não é especialista.

 

  • Analise os feedbacks. Procure mais informações sobre a empresa. Busque classificações dos aplicativos já produzidos por ela, esteja atento a qualquer notícia na internet e colha informações. Atualmente as empresas possuem diversas redes sociais, confira o que é falado nos comentários, dê atenção tanto a elogios quanto a críticas.

Com essas dicas rápidas já é possível se preparar para escolher qual será a empresa que desenvolverá sua ideia de aplicativo.

Já tem uma ideia estruturada e está apenas em busca de desenvolvimento? Peça um orçamento e comece a produzir seu app agora mesmo.

Tem alguma dúvida em relação ao processo de produção, deixe nos comentários, estou aqui para te ajudar!


  • Laryssa Gabellini
  • Analista de redes sociais e marketing digital
  • Aquela mistura do "erre" do interior com o jeitinho mineiro de ser. Graduanda em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto. Curiosa, falante e alegre. Acredita muito em energia e conexão. Tem a gratidão como um exercício diário. Se viu apaixonada por comunicação e todo o universo agitado e dinâmico do Marketing. De sorriso fácil e conversas longas, dessa forma vai levando a vida.

3 comentários no post “Como colocar sua ideia de aplicativo estruturada em prática

  1. Olá, Laryssa.
    Tudo bem?

    Gostaria de tirar algumas dúvidas referente ao processo de produção de um app.
    Poderíamos conversas ?

    Att,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *