8 ideias de apps de saúde para médicos e pacientes

Quando pensamos em aplicativos de saúde, logo associamos aos aplicativos de vídeo chamadas, que surgiram com o crescimento da telemedicina e a pandemia de covid-19. Mas esse universo da telemedicina é muito grande e que cabe o uso de diversas tecnologias e aplicativos com funcionalidades diferentes, além do teleatendimento. 

A área pode ser contemplada com aplicativos para farmacêuticos, agendamentos médicos, apps para consultas de doenças, periódicos relacionados à saúde, aplicativos para consultas de medicamentos, e-commerces e muitas outras opções. 

Pensando nisso, trouxe aqui uma lista com 8 ideias de aplicativos de saúde para você conhecer e se inspirar. Confira.

Aplicativo de saúde tipo primeiros socorros

Esse é uma ótima ideia de app de saúde. Ele é indicado para qualquer paciente, cuidadores e familiares. Em geral, esse tipo de app fornece dicas simples e um passo a passo de como agir em situações de emergência. 

Um bom exemplo de aplicativo de primeiro socorros é o app Dr. Drauzio Primeiros Socorros. Ele traz informações sobre como prestar socorro em mais de 20 situações, desde afogamentos, cortes e até infarto. O aplicativo é gratuito e está disponível para aparelhos Android e iOS. 

Se você deseja criar um aplicativo de saúde tipo primeiros socorros, inclua recursos como:

  • Biblioteca de conteúdo;
  • Discador de chamadas de emergência.

Aplicativo de marketplace médico

Uma ideia já bastante usada — e em constante crescimento — são apps marketplace de serviços médico. Essas plataformas são usadas para a conexão entre pacientes e médicos, facilitando a marcação de consultas, a busca por especialistas de acordo com a necessidade do paciente e até teleconsultas. 

Esse tipo de app de saúde também ajuda na captação de novos pacientes e na visibilidade dos profissionais da saúde, especialmente médicos, e também dentistas, fisioterapeutas, psicólogos entre outros.

Podemos citar como exemplo de app de saúde com foco em marketplace, o Doctoralia, aplicativo de origem espanhola que se popularizou no Brasil e se tornou um dos maiores do setor. 

Os recursos de um aplicativo de saúde tipo Doctoralia são:

App de marketplace farmacêutico

Uma outra boa proposta para aplicativos de saúde são os marketplaces farmacêuticos.

Esses aplicativos oferecem uma gama de produtos como medicamentos, artigos de beleza, perfumaria, higiene pessoal e saúde.

Através de uma única plataforma, o cliente encontra diversas opções de lojas, desde grandes drogarias, lojas de beleza, farmácias de manipulação e até pequenas lojinhas  de homeopatia. O envio dos produtos pode ser realizado pelos Correios, transportadoras ou pelo serviço de delivery, permitindo que o produto chegue ao cliente no mesmo dia da compra.

O Farmácias App é um dos melhores da categoria que oferece essa facilidade. Além do comércio de mercadorias, o app também oferece dicas de saúde e conteúdo relacionado aos produtos, modo de utilização e demais curiosidades. 

Os recursos de um aplicativo de marketplace farmacêutico são:

  • Geolocalização;
  • Notificações push;
  • Chat / chamada de voz no aplicativo;
  • Registro de usuário / prestador de serviço;
  • Compra com um toque;
  • Pagamento in-app.

Leia também: aplicativos para farmácias: conheça os 7 melhores apps

Aplicativos para monitorar o ciclo menstrual

Os apps de monitoramento de ciclo menstrual não servem apenas para lembrar o dia da menstruação. Eles são extremamente importantes, pois ajudam as mulheres a entenderem melhor sobre o funcionamento do organismo. 

As funcionalidades desse tipo de app de saúde são diversas, desde um simples calendário que indica a data da menstruação, até funções mais amplas como calendário de fertilidade, ovulação, dicas de saúde e muito mais. 

O aplicativo de saúde “Meu Calendário” ilustra bem essa ideia. O app é mais do que um calendário menstrual, ele utiliza uma tecnologia bastante inovadora que permite às usuárias  entenderem melhor o que acontece com o seu corpo por meio de gráficos e relatórios. Além de possuir uma comunidade entre as usuárias para conversar sobre diversos temas. 

Os recursos de um aplicativo de saúde como este, são:

  • Registro de usuário;
  • Notificações push;
  • Chat;
  • Multilíngue;
  • Espaço para anotações diárias.

Aplicativo de lembretes

Um modelo de aplicativo bastante usado, principalmente por pacientes, são os aplicativos de lembretes. Esses apps precisam ser simples e funcionais, pois sua principal função é lembrar, por meio de um sinal de alarme, o horário exato e o medicamento que o paciente precisa usar. Além de configurar lembretes, também pode ser registrado informações visuais dos remédios para serem identificados mais facilmente.

Outra função que pode ser adicionada a esse app de saúde é o diário médico. Com essa ferramenta, o usuário pode anotar informações sobre medição de temperatura, pressão arterial, batimentos cardíacos entre outras informações. 

O My Therapy é um ótimo exemplo para retratar essa categoria de app de saúde. Com ele é possível criar alertas para remédios, pílulas anticoncepcionais, além de ser uma agenda de saúde. 

Os recursos de um aplicativo de saúde como este, são:

  • Registro de usuário;
  • Notificações push;
  • Integração com a câmera do aparelho;
  • Sensor de frequência cardíaca.

Aplicativo de gestão e organização

Os aplicativos de gestão e organização são exemplos de apps de saúde que não podem faltar na vida dos profissionais da área. Esse tipo de aplicativo é indispensável, pois através dele é possível manter a agenda sempre atualizada, acrescentar qualquer tipo de anotação, anexar documentos e imagens para serem usadas quando e onde precisar.

Um aplicativo para saúde voltado para a gestão e organização pode conter recursos de scanner e gravação de áudio, facilitando ainda mais a rotina dos usuários. Além dessas ferramentas extras, esses apps podem conter uma integração com os prontuários digitais dos pacientes, sendo possível exportar as anotações pra lá quando necessário. 

Podemos tomar como exemplo dessa categoria o Evernote — um dos apps mais baixados quando o assunto é organização. Ele serve como uma espécie de banco de anotações para tudo o que você quiser, sendo também um gerenciador de tarefas, lembretes e notificações. 

Se você deseja criar um aplicativo de saúde desse tipo, inclua recursos como:

  • Registro de usuário;
  • Notificações push;
  • Registro de prontuários;
  • Espaço para anotações;
  • Integração com a câmera e microfone do aparelho;
  • Integração com o google agenda e/ou calendário do iphone.

 Aplicativo enciclopédia médica 

Uma evolução no setor da saúde foram os aplicativos para médicos com foco na tomada de decisão. Esses apps de saúde vieram para substituir aqueles livros enormes antes vistos em qualquer consultório médico. Com a evolução da tecnologia e o aumento do uso dos smartphones, os livros foram para dentro dos aparelhos celulares, facilitando a vida de qualquer médico.

Esse tipo de app de saúde permite consultar informações de quase todas as doenças existentes, suporte clínico, consulta de medicamentos, guias práticos para auxiliar no diagnóstico, calculadoras médicas (dosagens, cálculos de imc e obstetrícia etc) e uma infinidade de outros serviços. 

Um dos aplicativos mais bem avaliados nesta categoria é o Whitebook. O app conta com mais de 4000 conteúdos, calculadoras e milhares de bulas médicas.

Se você deseja criar um aplicativo de saúde desse tipo, inclua recursos como:

  • Registro de usuário;
  • Notificações push;
  • Integração com biblioteca de conteúdo, ferramentas médicas e medicamentos;
  • Busca universal.

Aplicativos para teleconsultas

Um modelo de aplicativo que vem crescendo cada dia mais, principalmente no cenário de pandemia em que estamos vivendo, são os aplicativos de teleconsultas. Com o isolamento social causado pelo novo coronavírus, sair de casa para ir ao médico passou a ser uma opção não muito segura. Por isso as consultas através de videoconferência ganharam espaço e se popularizaram entre médicos, psicólogos, nutricionistas e outros profissionais. 

Os aplicativos de saúde para teleconsulta funcionam em smartphones, tablets e computadores. Durante uma conferência de vídeo com um médico, o paciente fala seus sintomas, recebe um diagnóstico e até uma prescrição de medicamentos, ou, em alguns casos, uma lista de testes de laboratório a serem feitos. 

O aplicativo Docway é um bom exemplo sobre a aplicação dessa tecnologia. O app funciona de forma similar aos aplicativos tipo Uber. Nele, com apenas alguns cliques, você consegue encontrar um médico próximo para consulta.

Os recursos de um aplicativo de saúde desse tipo, são:

  • Geolocalização;
  • Notificações push;
  • Chat / chamada de voz no aplicativo;
  • Registro de usuário / prestador de serviço;
  • Agendamento com um toque;
  • Gateway de pagamentos;
  • Avaliação e reviews;
  • Armazenamento do histórico médico em nuvem.

Por fim

A tecnologia no setor da saúde vem avançando cada dia mais, proporcionando mais comodidade no dia a dia dos profissionais da área e também dos pacientes. Nesse texto, vimos algumas possibilidades de aplicativos para serem criados a atender às diversas áreas da saúde. As opções são muitas, logo, vale entender o cenário que estamos vivendo e pensar como sua ideia de app pode contribuir para o setor.

Para desenvolver seu app de saúde, conte com a Usemobile. Nós contamos com uma equipe especializada em desenvolvimento mobile. Entre em contato para receber um orçamento de um aplicativo de telemedicina.


  • Renan Ribeiro
  • Analista de Marketing
  • Publicitário com dois pés no marketing, apaixonado por inovação, design, arquitetura e comportamento. Adoro socializar e discutir qualquer assunto. Um dos meus maiores desejos é viajar pelo mundo em busca de novos conhecimentos e experiências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *