Dicionário da programação para não-programadores

Você sabe o que é um GIT? Já ouviu algum programador dizendo que subiu o projeto no GitHub?

A área da programação é cheia de termos e siglas que confundem quem não é do meio — às vezes até quem é. Para te ajudar a entender melhor todo esse universo e a ser ser capaz de conversar fluentemente com um programador, preparei um dicionário com os principais termos e siglas da área. Confira!

API

Uma API (Application Programming Interface) é um conjunto de comandos, funções, protocolos e objetos que os programadores podem usar para criar softwares ou interagir com sistemas externos. Ela fornece aos desenvolvedores comandos para executar operações comuns para que eles não tenham que escrever um código do zero.

APIs são tipo “pontes” que servem para conectar e facilitar a comunicação entre aplicações. As APIs podem ser utilizadas pelos mais variados tipos de negócios e por empresas de diversos tamanhos. 

Algoritmo

Os algoritmos podem ser entendidos como um conjunto de regras, raciocínios ou operações finitas para executar uma ação. 

Lembra aquele passo a passo para fazer um bolo que sua avó anotava no caderno de receitas? Algoritmos é tipo isso!

Fluxo de execução de uma receita: aqueça o forno, misture os ingredientes secos, bata os molhados, junte todos, unte a forma, leve ao forno por 45 minutos e retire do forno.

Veja também: como funciona os algoritmos nas redes sociais.

Front- End


Front-End é toda a parte que a gente vê, tudo que está na frente. Desenvolvedores Front-End são responsáveis por tudo aquilo que um usuário faz na frente de uma tela (arrastar o dedo para trocar de tela, pressionar um botão, etc…).

Back-End


Se você pensou “já que o ‘front’ é a frente, o ‘back’ está por trás”, seu pensamento está correto. O desenvolvedor back-end é quem irá manejar o banco de dados e integrar a comunicação do front com as informações armazenadas. Programadores Back-End são os responsáveis por fazer a magia que acontece “por trás dos panos”. 

a imagem explica a diferença entre front-end e back-end. O front servindo ao lado do cliente, que são os usuários os websites que consomem; e o back-end a parte de servidores, cabendo aos scripts e banco de dados.

Bug


Bug é um erro ou falha que ocorre e faz com que os programas não se comportem exatamente da maneira esperada. Também é muito conhecido como “dar pau”.

Chatbot

São programas de computador equipados com inteligência artificial capazes de entender a linguagem humana, tanto escrita como falada, e responder de forma humanizada. São como aqueles atendentes de empresas telefônicas.

Codar

Nada mais é do que programar.

Diretório

São as pastas do seu computador.

Debugar

Processo lento de encontrar e remover bugs no seu sistema, ou até mesmo no hardware.

Framework

Frameworks são como templates prontos que podem ser usados em diferentes projetos (back e front-end, mobile etc), reduzindo o tempo gasto para produzir uma aplicação. 

Full-Stack

Programador full-stack é aquele que atua em várias partes do projeto, ele entende tanto de back-end como de front-end e usa várias tecnologias.

Usando uma analogia simples, o programador Full-Stack pode ser comparado com aquele cara que compõem, grava, edita e cria a capa do cd.

Git

Git é uma ferramenta de controle de versão de arquivos que permite o trabalho colaborativo sem a necessidade de enviar arquivos diferentes e renomeados por e-mail. Com o Git também é possível saber detalhadamente quem fez cada alteração no arquivo.

Hardware

Hardware é a parte física do computador (peças e equipamentos que fazem o computador funcionar).

Software

Software é toda a parte interna de um computador ou dispositivo mobile (programas, códigos, aplicativos e etc). 

Existe um ditado que diz que hardware é aquilo que a gente chuta e software é o que a gente xinga 😂. 

Aplicativo Nativo

São aplicativos construídos em uma linguagem exclusiva para uma determinada plataforma (Android, iOS, Windows etc).

Web Apps

Web App não é um aplicativo real e não está disponível nas lojas de aplicativos. É um site desenvolvido exclusivamente para dispositivos móveis.

Aplicativo Híbrido

São aplicativos desenvolvidos tanto para Android quanto para iOS com um código fonte unico usando algum framework.

Outsourcing de TI

A palavra outsourcing significa terceirização, logo outsourcing de TI é a contratação de empresas para realizar serviços ligados à Tecnologia da Informação.

Outsourcing Onshore

O termo onshore representa a terceirização de serviços a partir do mesmo país. 

Outsourcing Offshore 

Offshore é o oposto de onshore, ou seja, trata-se de contratos com empresas de  outros países. 

Outsourcing Nearshore

Como a tradução de “near” já diz, este modelo visa a contratação de prestadores de serviço em países próximos.

UI Design

UI é área do Design que elabora, cria e planeja o meio pelo qual o usuário interage em um determinado dispositivo.

UX Design

UX Design trabalha a experiência do usuário. É parte do Design que pensa exclusivamente na relação do usuário com o produto ou serviço.

Há uma analogia citada por Dain Miller em um artigo que explica melhor esses dois termos:

“UI is the saddle, the stirrups, and the reigns.

UX is the feeling you get being able to ride the horse, and rope your cattle.”

(“UI é a sela, os estribos e os reinados.

UX é a sensação de que você consegue montar o cavalo e amarrar seu gado.”)

Features

Feature é uma funcionalidade do sistema que entrega um recurso extra ou resolve um problema.

Um cadastro de usuário é uma feature, exportar um arquivo, imprimir um documento é uma feature etc.

DevOps

DevOps é um modelo de trabalho que integra as áreas de desenvolvimento e infraestrutura em TI, além da automação das tarefas repetitivas e da criação de uma cultura ágil.

Para entendermos melhor o conceito de DevOps, podemos usar como analogia o jogo do Super Mário. O DevOps é quando você consegue pegar a estrelinha e passa a executar as tarefas bem mais rápido que o normal. 

ASO

ASO é a sigla para App Store Optimization, isto é, técnicas de otimização de busca nas lojas de aplicativos. O ASO que irá aumentar a exposição e visibilidade do seu app, expandindo as chances de descoberta pelos usuários.

Gateway de pagamento

Um gateway de pagamento é, basicamente, uma API que gerencia transações online, como se fosse uma maquinha de cartão virtual.

SEO

SEO (Search Engine Optimization) são técnicas para fazer com que um determinado conteúdo apareça no Google e demais buscadores. 

MVP

Produto mínimo viável ou MVP trata-se de um produto que fornece apenas o serviço mais importante primeiro. Como se fosse uma “versão teste” de um produto. O MVP pode ser aprimorado de acordo com que as ideias forem surgindo e quando tudo estiver pronto, ele se torna um produto consolidado. 

Clean code

Clean Code — ou código limpo — é uma filosofia de desenvolvimento que visa aplicar técnicas simples que facilitam a escrita e leitura de um código.

Default

Default refere-se a um valor ou característica pré-definidos. Então, quando não há uma instrução, o default é aplicado. É como quando você abre o Google Docs: se você não definir nenhuma característica, seu documento será todo escrito em Arial no tamanho de fonte 11, pois este é o padrão pré-definido..

Linguagem de marcação

Entenda a linguagem de marcação como os sinais de trânsito. As tags da linguagem servem para orientar o que se trata determinado elemento. O Google sabe que  essa explicação é um parágrafo, pois no código está sinalizado que se trata de um com a tag <p>. O mesmo vale para os demais elementos da web.

Linguagem compilada 

Linguagem compilada é uma linguagem de programação que necessita de um programa especial para ser executada em um computador.

Uma boa analogia para se entender é o processo de dublagem de filmes. Todos os filmes geralmente são produzidos no idioma nativo de um país. 

Quando esse filme vai ser comercializado em um país com idioma diferente, todas as falas do filme são traduzidas e/ou dubladas, trocando o áudio original (que não entendemos) para um outro áudio em nosso idioma (que somos capazes de entender).

É exatamente isso que o programa compilador faz com a linguagem, traduzindo-a num idioma acessível à máquina que irá executar o código.

Nuvem 

Nuvem é uma tecnologia que permite o acesso a programas, arquivos e serviços por meio da internet, logo, tudo pode ser acessado remotamente. 

IDE

IDE (Ambiente de Desenvolvimento Integrado) é um software para escrever códigos que contém utilitários que auxiliam no desenvolvimento das aplicações, facilitando diversos processos, pois esse ambiente combina ferramentas comuns em uma única interface gráfica do usuário.

O ambiente de desenvolvimento integrado é como se fosse aquele estojo escolar que toda criança queria ter, aquele que tinha tudo em um único lugar, canetas coloridas, tintas, lápis de cor, giz de cera, apontador, borracha e outras tranqueiras.

Por fim,

E aí, conseguiu entender todos os termos e siglas?

Esse dicionário foi feito para descomplicar os termos mais usados pelos nossos amigos devs. As definições apresentadas são superficiais e servem para ajudar pessoas de outras áreas e leigos a entenderem melhor o assunto, assim como eu. 

Você conhece algum outro termo ou sigla que merece entrar no dicionário? Comenta aqui!

Quer ficar por dentro do que acontece nesse universo? Então não deixe de acompanhar nosso blog e se inscreva na nossa newsletter. 


  • Renan Ribeiro
  • Analista de Marketing
  • Publicitário com dois pés no marketing, apaixonado por inovação, design, arquitetura e comportamento. Adoro socializar e discutir qualquer assunto. Um dos meus maiores desejos é viajar pelo mundo em busca de novos conhecimentos e experiências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Que tal assinar a nossa newsletter

Conteúdos exclusivos, dicas e eBooks diretamente no seu e-mail.