outsourcing vs. body shop de TI: qual a terceirização ideal para o seu negócio?

Tags:    

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Receba atualizações semanais no e-mail

Sua empresa precisa de uma nova solução, porém o time in-house não possui as competências necessárias? É aí que a terceirização de serviços de TI entra em cena. Neste artigo, vamos discutir as diferenças entre o outsourcing de TI e o body shop de TI, também conhecido como outstaffing de TI.

Você vai ler

• O que é body shop de TI?
• Quais são as vantagens do body shop de TI?
• Quais são as desvantagens do body shop de TI?
• Quanto custa o body shop de TI?
• O que é outsourcing de TI?
• Quais são as vantagens do outsourcing de TI?
• Quais são as desvantagens do outsourcing de TI?
• Quanto custa o outsourcing de TI?
• Qual tipo de terceirização escolher?

O que é body shop de TI?

O body shop de TI é uma terceirização que aloca profissionais externos ao time in-house da empresa contratante. Isso significa que os profissionais estarão sob a gestão e backlog da contratante durante o tempo determinado em contrato. No entanto, não há vínculo empregatício com eles. Em outras palavras, é o aluguel da mão de obra.

Quais são as vantagens do body shop TI?

De todos os tipos de terceirização de TI, o body shop é o mais barato. Isso porque estão sendo contratados funcionários ao invés dos serviços de uma empresa como um todo.

Dessa forma, quem opta pelo body shop fica responsável por gerenciar estes profissionais terceirizados, enquanto que cabe à empresa de origem a manutenção deles. Isto é, pagamento de salários, bônus, cursos e outros.

O body shop de TI é ideal para atividades pontuais, uma vez que os contratos possuem prazos bem definidos.

Como a mão-de-obra terceirizada funcionará como um membro do time in house, é preciso discutir as condições de serviço do contrato: viabilidade ou não de trabalho remoto, uso ou compra de equipamentos específicos e demais requisitos que possam ser necessários.

Resumindo:

  • Dispensa gastos trabalhistas;
  • Experts de qualquer região;
  • Serve para atividades pontuais;
  • Gestão direta;
  • Agregar know-how especializado;
  • Trabalho remoto.

Quais são as desvantagens do body shop de TI?

Ao passo que pode ser um benefício, a gestão dos profissionais do body shop de TI pode ser uma desvantagem para alguns. 

Isso requer conhecimentos técnicos e específicos ou a contratação de um gestor para acompanhar o desenvolvimento das atividades, levantando o backlog e o suporte necessário para este funcionário. Portanto, o projeto final é de responsabilidade da contratante.

Quanto custa o body shop?

A estimativa de preço do outstaffing depende do nível de experiência do funcionário. O preço pode ser um valor fixo mensal, permitindo um maior controle do fluxo de caixa, pois já é esperado uma despesa fixa. 

O preço varia entre 110 a 165 dólares por mão-de-obra, o qual todas as taxas e equipamentos necessários já estão inclusos. Segundo a Aldridge, menos do que 110 dólares mensais por pessoa é muito barato, enquanto que acima de 165 é muito caro.

O que é outsourcing de TI?

O outsourcing de TI é a terceirização de serviços e gestão de TI. Isto é, delegar de empresas especializadas os serviços que são ausentes in-house. Contrário ao body shop de TI, os contratos de outsourcing de TI se adaptam aos projetos de escopo aberto e necessidades de alocação de times. O outsourcing de TI é usado para a escalabilidade de serviços e produtos.

Além disso, existe a possibilidade de contratar quaisquer talentos, inclusive internacionais. Afinal, algumas áreas do outsourcing de TI podem ser executadas remotamente, facilitando o acesso aos diversos tipos de serviços e especializações.

Saiba mais: Tipos de outsourcing de TI: onshore, offshore e nearshore.

Quais são as vantagens do outsourcing de TI?

Essa terceirização é um recurso mais em conta do que a contratação do próprio departamento de TI. Indo além, ele também oferece foco no core business, visto que a contratante não possui responsabilidades diretas com o serviço prestado — a depender do tipo de escopo.

Contratos de escopo fechado já são serviços delimitados no contrato, com especificações técnicas e prazos previamente definidos. O escopo aberto, como o nome já diz, deixa o contrato em aberto para alterações. Isso significa que existe mais flexibilidade para alterações no projeto e em prazos.

Enquanto isso, há também a variação de time dedicado ou alocação de time. Também é um escopo aberto, porém com uma semelhança ao body shopping: alocar times externos ao interno para cooperar por período indeterminado. Quanto à gestão, ela pode ser interna ou externa.

Dentre outras vantagens, a cibersegurança e a tecnologia de ponta também são pontos de destaque, uma vez que as empresas especializadas precisam estar atualizadas. Isso é fundamental para que clientes alcancem a disrupção e inovação.

Em resumo:

  • Mais barato que in-house;
  • Suspende recrutamento;
  • Alocação de mais profissionais à disposição;
  • Foco no core business;
  • Adaptativo à qualquer modelo de escopo e contratos personalizados;
  • Não requer gastos com infraestrutura e equipamento;
  • Serviço especializado;
  • Trabalho remoto;
  • Cibersegurança;
  • Disrupção e inovação.

Quais são as desvantagens do outsourcing de TI?

O que pode ser vantagem para uns pode ser uma desvantagem para outros. Em função da possibilidade de uma gestão externa, a comunicação pode se comprometer, especialmente em casos de contratos remotos. Logo, devem ser consideradas empresas que garantem transparência e proximidade.

Outra desvantagem é fornecer o acesso à informações internas e sensíveis aos terceiros, o que oferece riscos na cibersegurança

A falta de conhecimento sobre o negócio também deve ser mencionada. Embora a empresa seja especialista, não necessariamente ela será expert na área de negócios do cliente.

Quanto custa o outsourcing de TI?

A resposta varia de acordo com o tipo de contrato: escopo fechado, aberto ou alocação de time. Contratos flexíveis costumam ter preços acima do fechado, pois o serviço é personalizado e para projetos de médio e longo prazo.

Logo, é recomendado pesquisar por empresas de outsourcing de TI e fazer um orçamento para avaliar antes de contratar. 

Qual o tipo de terceirização de TI escolher?

Antes de terceirizar a TI, avalie primeiro as necessidades do seu negócio e a equipe que você precisa. Tenha em mente as vantagens e desvantagens de cada modelo de terceirização e se baseie na seguinte pergunta para sanar a dúvida:

# O seu time de TI precisa de poucos membros ou um upgrade completo para a demanda?

Se você tem um produto web e quer expandi-lo para mobile, o outsourcing de TI será a melhor opção, pois o serviço será delegado à uma empresa que já possui todo o time necessário para o desenvolvimento

Caso a intenção seja migrar a tecnologia do seu produto web de Angular para Vue.JS, por exemplo, o body shop de TI será mais adequado por requisitar menos profissionais e num prazo menor para a mudança.

Foram tratados exemplos superficiais para ilustrar que tudo dependerá do escopo para essa decisão.

Caso ainda existam dúvidas, fique a vontade para saná-las entrando em contato com especialistas da Usemobile.

Tópicos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Junte-se a mais de 62.000 mil assinantes e tenha acesso a conteúdos exclusivos

Estamos contratando, venha conferir nossas vagas