Uberização: entenda tudo sobre esse processo

A tecnologia vem transformando a nossas vidas, e nos dias de hoje muda também a forma como empregamos. Em 2010, o aplicativo Uber foi lançado e, com ele, uma ideia ousada –  colocar os usuários para trabalhar! E, como pudemos ver, foi um verdadeiro sucesso. Isso porque quem estava fora do mercado de trabalho ganhou uma oportunidade de ganhar dinheiro mesmo em crise. Tudo graças à Uberização.

Então esse termo vai além da transformação do serviço em um aplicativo, é sobre a forma como a empresa age. No Brasil o “boom” desse tipo de serviço começou em 2016 e ainda existe muito espaço para crescimento.

Uberização do trabalho – um novo estilo de empregar

Assim, se você parar para pensar, uma fábrica funciona de forma em que uma única pessoa é dona dos meios de produção, ela é dona do espaço, das ferramentas e das máquinas. Mas no sistema da Uber, os “funcionários”, ou melhor, usuários é que são os verdadeiros donos. O único papel da empresa é ligar os clientes com os motoristas e facilitar o serviço para ambos os lados.

Nesse modelo, se a empresa quebra, apesar dos funcionários perderem o emprego, eles ainda mantêm o meio de produção – os carros e celulares ainda são deles -, por isso, mais e mais pessoas querem trabalhar para um aplicativo semelhante ao uber.

Ideias de Uberização

A Uberização pode ser aplicada em diversos tipos de serviços, aqui estão alguns dos modelos conhecidos:

  • Uberização de serviços para casa. Um dos mais amplos nichos para empregar o modelo Uber – Serviços de limpeza, serviços de reparo da casa, jardinagem, e assim por diante.
  • Uberização de serviços delivery. Serviços de correio, entregas de lojas, restaurantes, cafés, serviços de caminhão.
  • Uberização de serviços para reparos. A demanda por reparos não se limita a casas. Basta pensar nos numerosos aparelhos eletrônicos, carros, roupas e jóias que as pessoas possuem.
  • Uberização dos serviços de hospedagem. Fornecer um quarto, um apartamento ou uma casa de campo para alugar, pode ser um tipo de serviço uberizado, tome o AirBnb como um exemplo disso.

As possibilidades são enormes! Aqui na Usemobile, já desenvolvemos diversos aplicativos semelhante ao uber. Entre eles, estão:

  • Sem Patrão – Um aplicativo 100% grátis, onde você pode encontrar qualquer tipo de serviço, desde advogados à encanador. Tudo com a facilidade de apenas alguns toques na tela.
  • Vrunny – Serviço de entregas que utiliza motos e, em breve, bicicletas.
  • MobDrive – Aplicativo de transporte particular da região nordeste do País.
  • Wicar – Aplicativo para serviços estéticos automotivos.

A Uberização está presente em nossa sociedade e, nesse cenário de alta taxa de desemprego, empresas que fazem a uberização do trabalho estão criando oportunidades para que as pessoas possam enfrentar as crises.

Então, gostou desse artigo? Quer receber mais artigos como esse direto em seu e-mail? Assine a nossa newsletter e fique por dentro dos melhores assuntos sobre tecnologia e empreendedorismo.    


  • Vitor R. Galante
  • Analista de Inteligência Comercial e Marketing.
  • Graduando em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Ouro Preto. Acredito que a formação em economia me proporciona uma visão otimizada do mercado, e marketing é a ciência e a arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades de um mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *