11 coisas que todo designer de aplicativo precisa saber

Embora os aplicativos móveis tenham atingido um ponto de saturação, um design de aplicativo genuíno pode, de fato, criar um aplicativo de sucesso. Aqui, listamos onze dicas úteis com diretrizes do Google, que ajudarão você a criar um aplicativo prático e elegante para solucionar problemas. 

1 – Teclados personalizados

Nossa pesquisa diz que as pessoas acham difícil alternar entre o modo de teclado e o modo touchscreen. Aumenta a carga cognitiva do usuário. Portanto, um designer de aplicativo deve tornar os teclados personalizados viáveis ​​para o usuário.

Teclado do sistema

O design de aplicativo foi personalizado para que o padrão do teclado seja alterado automaticamente, com base no contexto. A senha salva também deve ser mostrada nela.

2 – Gestos e Hardware

Os telefones celulares são mais vantajosos do que a web, pois tem muito hardware como acelerômetro, GPS, Bluetooth, reconhecimento de gestos. Portanto, um designer deve usar esses recursos com eficiência.

As opções como deslizamento passando, tocando, usando impressão digital devem ser usadas em vez de digitar. Você pode reduzir muitos campos de formulário utilizando todo esse hardware.

designer de aplicativo

3 – Não esconda a senha

Mostrar e ocultar opção para a senha não é necessário no celular. Como é uma tela pequena, o usuário a usará confidencialmente. Portanto, remover a opção mostrar e ocultar reduzirá a frustração do usuário.

4 – Exiba o campo de pesquisa.

Se você fizer um trabalho de pesquisa perfeito, você será quase bem-sucedido no fluxo de UI / UX.

Embora todos os aplicativos estejam representados, os usuários gostam do modelo tradicional de deslizar para procurar. Além disso, mostre as opções para pesquisa recente e tempo de pesquisa favorito.

5 – Peça permissões no contexto.

Algumas pessoas acham que obter uma permissão em massa é uma ideia renomada. Mas, como os usuários levam muito a sério seus dados, eles não querem apenas tocar e dar toda a autoridade. Então, pedir permissão no momento certo fará com que o usuário confie em seu aplicativo. Além disso, eles serão seus usuários regulares.

Coleta de dados do usuário: como fazer da forma correta

6 – Tela de abertura

De acordo com a pesquisa, as pessoas gastam 45 segundos para selecionar um aplicativo e geralmente baixam dez aplicativos para escolher um. Então ataque-os e mostre o valor inicial em 10 segundos.

Ninguém vai se preocupar com as telas de fantasia extravagantes. Dê importância para mostrar a proposta de valor do aplicativo desde o início do que a ilustração bonita. Se eles abrirem o aplicativo, coloque-os diretamente na tela principal.

tela de abertura

7 – Orientação

Se os usuários usarem seu aplicativo em 30% do tempo no modo paisagem, você deverá projetá-lo para o modo paisagem. Mas a maioria dos designers de aplicativo testa seu aplicativo apenas no modo retrato. Teste seu aplicativo no modo paisagem e retrato.

Para modo de condução, finanças, livros e jogos, o modo paisagem é o principal modo.

8 – Formulários curtos e simples

A principal ação na área de trabalho é digitar, enquanto que, no caso de dispositivos móveis, a principal atividade é toques e deslizes.

Os usuários não desejam gastar seu tempo preenchendo o formulário significativo. Portanto, tente interações diferentes para preencher formulários e torná-los curtos e simples.

9 – Teste o aplicativo no celular

A principal dica é testar seu design para o celular.

Quando você começar a projetar, conecte seu celular com um laptop para ver a qualidade do design.

Você não está fazendo o aplicativo apenas para HD Desktop, também para as telas com baixa resolução também. Portanto, verifique se o esquema funciona bem para todos os tipos de telas.

10 – Torne a Navegação Intuitiva

Essa dica é bem básica, mas às vezes as pessoas tendem a esquecer isso. 90% do tempo eles usam o padrão de sistema de navegação.

Seu aplicativo deve render uso inteligente para o usuário, dando as guias antecipadamente. Não faça com que os usuários pesquisem a navegação por 10 minutos, pois isso levará à desinstalação do aplicativo.

11 – Filtrar e classificar opções.

Um designer de aplicativo deve deixar seu usuário satisfeito com os recursos e não frustrar.

Quando um site pode exibir 14 imagens em uma tela, a tela do celular pode mostrar apenas três imagens por vez.

Sem admitir isso, a maioria das pessoas solta muitos recursos em uma tela e cria um filtro genérico que confunde o usuário.

Quer saber mais sobre desenvolvimento de aplicativos? Acesse nosso blog e fique por dentro das novidades.


  • Luis Otávio
  • Coordenador de Operações
  • Mineiro de Ouro Branco. Apaixonado por esportes. Graduando em Administração pela Universidade Federal de Ouro Preto. Acredito que a formação em Administração me proporciona uma visão otimizada do mercado.Marketing digital é o bom e velho marketing porém com ações estratégicas aplicadas nos meios digitais (internet e tecnologias móveis). Hoje trabalho cm a parte de operações da Usemobile

2 comentários no post “11 coisas que todo designer de aplicativo precisa saber

    1. Bom dia Karla, como vai? A pessoa profissional em Design de Aplicativos tem muitas funções e tarefas na elaboração de um produto. Para começar, é necessário te explicar que o design se divide em duas grandes áreas: UI e UX (user interface e user experiencie, respectivamente), a grosso modo UI é tudo que você vê em uma tela e UX é tudo que você faz nesta tela. Designers de aplicativos, como qualquer outra pessoa desta área, possuem objetivo de resolver os problemas de determinado produto, serviço, grupo de pessoas e por aí vai.
      O processo de projetar é bastante complexo, e é necessário obedecer padrões e normas do design para que os usuários não se percam, ao mesmo tempo buscar inovações. Para isso é necessário possuir uma documentação mais detalhada possível daquele projeto, muitas horas de pesquisas relacionadas ao produto em si, seus concorrentes, local em que será lançado, perfil do público alvo, etc.
      O design é um processo meticuloso e que possui uma grande carga de responsabilidade, por isso é tão difícil falar dele de forma tão resumida.
      Caso você tenha interesse nesta área, te indico alguns ótimos canais especializados na área:
      UXLab
      UX Unicórnio
      Amyris.Fernandez/UX Change

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *