O que é SDK? Saiba sua utilidade no desenvolvimento mobile

Apenas saber linguagens de programação não é o suficiente para sermos profissionais da pogramação. Interface de Desenvolvimento Integrado (IDE), frameworks e libs também são essenciais para viabilizar o trabalho de desenvolvimento, especialmente os SDKs.

Resumidamente, eles são kits de desenvolvimento que reúnem recursos para auxiliar na criação de aplicações.

Você pode não saber, mas você, com certeza, já esbarrou com muitos SDKs por aí ou foi diretamente impactado(a) por elas.

Podemos perceber isso ao lembrar de quando os aplicativos para iOS do Spotify, Nubank, Tinder, Waze, Instagram e outros apps caíram por problema técnico no Facebook, mais especificamente em seu SDK.

Mas, afinal, o que são SDKs? Essa é a pergunta que vou responder a seguir e trazer os benefícios de utilizá-los em suas aplicações.

O que é SDK?

O significado de SDKs é software development kit, cuja tradução é kit de desenvolvimento de software. Estes pacotes reúnem bibliotecas, exemplos de códigos, notas técnicas, depuradores, compiladores, APIs, dentre outros utilitários que permitem manipular arquivos necessários durante o desenvolvimento das aplicações.

Cada SDK possui suas especificidades, bem como a linguagem de programação e plataformas específicas. Logo, o desenvolvimento para Android e iOS, por exemplo, também requerem seus respectivos devkits: Android SDK e iOS SDK.

Um SDK de qualidade é aquele que seja fácil de utilizar, com uma documentação bem escrita e completa, que agregue valor a aplicação e interage bem com outros SDKs.

Quais os benefícios em usar SDKs?

Tudo fica muito mais fácil quando temos guias práticos de como aplicar um novo recurso. Este é o cerne dos SDKs, mas ainda existem outros benefícios:

  • Velocidade e menos gastos: ao invés de precisar desenvolver tudo do zero, os programadores conseguem agilizar seus trabalhos em função das orientações pré-existentes. Logo, o tempo de desenvolvimento é mais curto e os custos também;
  • Integração entre softwares: os SDKs facilitam a integração entre diferentes aplicações;
  • Controle: os donos de SDKs tem controle de como a aplicação está sendo integrada aos demais e pode limitar a troca de informações;
  • Segurança: ao usar o SDK de terceiros, você não precisa se preocupar com segurança, pois essa responsabilidade é do time que o criou. Portanto, recomendo que você use devkits de fontes confiáveis;
  • Alcance: ter um SDK implica que este pode ser utilizado, logo, isso aumenta o alcance da aplicação e de sua respectiva marca.

Qual a diferença de SDK e API?

Uma confusão bastante comum é dizer que SDK e API são a mesma coisa. Não, eles não são. O devkit pode conter uma API, porém a API é a interface que vai fazer a comunicação entre dois softwares, enquanto que o SDK é o conjunto de recursos que também pode conter APIs entre eles. Podemos dizer que a API é o tradutor entre duas pessoas que falam idiomas diferentes e que querem se comunicar. 

Para compreender a diferença, basta lembrar do significado da sigla SDK. Então, sim, uma SDK pode conter APIs que façam com que softwares se integrem, mas este não é o único papel dos devkits, como já vimos.

SDKs para desenvolvimento de aplicativos

Desenvolvimento Android

O desenvolvimento de aplicações Android é praticamente impossível sem o Android SDK, material produzido pelo Google. Afinal, a empresa é a proprietária da plataforma. 

Cada nova versão do Android, há um novo SDK. O kit inclui exemplos de código-fonte, ferramentas de desenvolvimento, emuladores e bibliotecas. Os SDKs necessários já vêm inclusos na instalação da IDE Android Studio. Depois é só manter a IDE atualizada.

Saiba como ingressar no desenvolvimento Android no podcast da Usemobile

Desenvolvimento iOS

Na mesma lógica que o desenvolvimento Android, a criação de aplicações iOS são impulsionadas pelo iOS SDK, produto da Apple. 

Da mesma forma que o desenvolvimento Android, cada nova versão do sistema iOS requer um novo SDK. O grande destaque para o iOS 14 é a criação de clipes de aplicativos para interações e widgets. Realidade aumentada e machine learning também se mantém nos destaques deste OS. Toda a documentação e SDKs pode ser acessadas com uma conta ID da Apple.

Saiba como ingressar na carreira de desenvolvimento iOS com o nosso podcast

SDKs úteis para o desenvolvimento

Qualquer ferramenta digital está sujeita a ter seu próprio SDK. Então, não só de SDKs para Android e iOS que vive o desenvolvedor. Parafraseando o desenvolvedor Gabriel Froes (Código Fonte), ser programador é utilizar de várias SDKs o tempo todo. Então vamos às possibilidades:

Facebook SDK

Já é bastante comum os aplicativos darem a opção de cadastrar e logar a partir de uma conta existente, principalmente Facebook. Isso é possível graças ao Facebook SDK. Além disso, ele permite a integração com jogos, auxilia em aplicações para marketing, dentre outras possibilidades do devkit.

Mobile Ads SDK

Também conhecido por Doubleclick, o Mobile Ads SDK é oferecido pelo Google para a criação de anúncios e obtenção de receita. Os formatos possíveis são os banners, intersticial (quando o anúncio cobre a tela toda e só encerra quando o usuário clica para fechar), vídeos interativos e o nativo, usado para anúncios personalizados.

Admob

Por ser oferecido através do Google Play Services, o Admob SDK só está disponível para celulares Android. Ele permite a criação e gerenciamento de anúncios (banners e vídeos, por exemplo).

Mapbox

A localização e uso de mapas sempre foi muito necessária no nosso meio e não é diferente para as aplicações. Este é o objetivo do Mapbox, criar mapas e aplicar geolocalização nas plataformas. Ele possui as versões de SDK para Android e iOS.

Google Maps

O Google possui uma gama de funcionalidades e não é diferente quando se trata da geolocalização. Sendo um dos recursos mais populares da empresa, vale a pena conferir e ponderar a utilização deste serviço na sua plataforma e aplicá-la com o Maps SDK.

Pagar.me

Uma das funcionalidades mais comuns nas aplicações são pagamentos in-app. Essa funcionalidade é possível graças aos gateways de pagamento. A Pagar.me possui seu próprio SDK para auxiliar na implementação deste recurso.

Leia também: Google Maps ou Mapbox: qual geolocalização utilizar no seu app?

Usar SDKs vale a pena?

Vimos que os SDKs aceleram e facilitam o desenvolvimento de novas aplicações, isso porque eles trazem documentações, notas técnicas, amostras e demais outros utilitários que agregam e orientam as atividades dos programadores. Então, a resposta para a pergunta é um grande sim!

Para continuar neste assunto de programação, conheça os frameworks para o desenvolvimento de aplicativos.


  • Taysa Bocard
  • Analista de marketing
  • O interesse pela tecnologia e desejo por conhecimentos variados sempre fizeram parte de mim, isso desde a infância. Esse desejo pueril refletiu no meu cotidiano: sou jornalista engajada nas "techs". Porém, a busca pelos saberes não é a parte mais gratificante da minha atuação. Na verdade, o que mais me empolga é passar as informações para frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere! Que tal assinar a nossa newsletter

Conteúdos exclusivos, dicas e eBooks diretamente no seu e-mail.