Áudio em 8D: realidade virtual auditiva

Você já ouviu alguma áudio em 8D? Bom, se não se lembra, é porque provavelmente não. Isso porque a experiência de ouvir um áudio em 8D é única, completamente diferente dos que estamos habituados. Essa é uma técnica utilizada para melhorar ainda mais a experiência do ouvinte, que sente que a música está, de certa forma, passando de um lado para o outro dentro de sua cabeça.

Mas como é possível?

Só é possível perceber os efeitos da música 8D utilizando um fone de ouvido. É um tipo de som diferente, que parece vir de todas as direções. A sensação é que a música está circulando na cabeça.

As músicas em 8D foram criadas para oferecer uma experiência real, algo parecido com o que ocorre na realidade virtual. A técnica já é muito utilizada para jogos de videogame. O efeito é conquistado ao manipular as ondas de som para que elas soem como se viessem de múltiplas direções. Quando se produz o áudio, é possível construir uma música em movimento, para criar a impressão que o som se move ao redor do ouvinte.

Como os áudios são modificados para dar essa sensação ao usuário, ela só é possível com o uso dos fones de ouvido. Não funciona sem o fone porque sem ele só há uma saída de som, impedindo assim que o áudio fique alternando de um lado pro outro. O efeito 8D também pode ser alcançado, por exemplo, em home theaters.

Quando e onde surgiu?

Ainda que pareça uma técnica nova, o 8D foi descoberto pelo argentino Hugo Zucareli nos anos 80. Zucareli demonstrou em sua pesquisa que os humanos não escutam de maneira linear, mas que localizam os sons em espaços com 360º. Ele criou um trabalho de acústica, que permite desfrutar do sistema de áudio com espacialização do som. Dessa forma, as ondas auditivas são manipuladas para que pareçam vir de vários pontos, gerando uma experiência surrealista no cérebro, órgão responsável pelo processamento.

Essa invenção, a holofonia, surgiu quando o cientista argentino tentou aplicar o conceito de holograma ao som. Enquanto no holograma há a interferência de luz, para que se possa gerar ou apresentar imagens em três dimensões, a holofonia utiliza de uma técnica múltipla de exposição de uma gravação.

Onde encontrar um áudio em 8D?

A música que está conquistando a internet ganhou canais no YouTube especialistas em transformar os hits do momento. Faixas de Beyoncé, Maroon 5, Ed Sheeran, Dua Lipa e Coldplay já aparecem em versões modificadas. Além disso, os áudios em 8D já são utilizados por jogos de videogame e em realidade virtual ou aumentada.

Programas que fazem áudios em 8D

Depois de todas essas informações, não há dúvidas do poder de um áudio em 8D, certo? Mas como você pode produzi-lo?

Existem diversas fabricantes de kits de gravações binaurais. Entre os mais conhecidos, estão os produzidos pela empresa Neumann. Seu preço, entretanto, é um pouco salgado: um kit de criação chega a custar cerca de 8 mil dólares. Mas calma, essa não é sua única opção. Atualmente, softwares também criam áudios 8D com certa precisão. Os programas Audacity e Ambeo Orbit, por exemplo, permitem criar áudios binaurais similares ao dos kits.


  • Convidado Especial
  • Como o foco aqui na Usemobile é sempre a qualidade, nosso conteúdo não poderia ser diferente. Pensando nisso, contamos com o apoio de especialistas em diversas áreas para trazer materiais cada vez mais ricos. Caso você tenha interesse em publicar conteúdo no nosso blog, mande uma mensagem em www.usemobile.com.br/contato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *