Os 8 melhores aplicativos de música: saiba como escolher um

Tags:    

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Receba atualizações semanais no e-mail

Escutar música é uma atividade que está presente diariamente na vida das pessoas. Passou de escutar discos e fitas a CDs, MP3 e baixar músicas na internet. A transformação digital oferecida pela internet e pelo desenvolvimento de aplicativos possibilitou que este processo fosse totalmente remodelado.

Celular com fones de ouvido conectados

Veja também: O que é streaming? Veja também opções além da Netflix

Agora não é mais necessário ligar na sua emissora de rádio favorita e pedir por uma música. Basta contratar um serviço de streaming e escutá-las ininterruptamente. 

Além de transformar o hábito de escuta, os aplicativos de streaming de música revolucionaram a indústria musical.  Artistas são levados ao topo, ouvidos simultaneamente pelo mundo inteiro, muito diferente de uma turnê que leva meses para alcançar toda essa gente. 

Agora, se você quer saber qual é o melhor de streaming, basta conferir essa lista e escolher um:

Spotify

Sem dúvidas, o Spotify é o aplicativo de música mais popular do mundo, com mais de 300 milhões de usuários e 40 milhões de músicas. As funcionalidades básicas do aplicativo estão disponíveis para qualquer pessoa, mesmo para aquelas que não possuem a assinatura do serviço. Dentre elas a opção de procurar por músicas e artistas, criar e explorar playlists e escutar podcasts.

Captura de tela do aplicativo de música Spotify

No entanto, os clientes do Spotify Free têm interrupções entre algumas músicas com anúncios da plataforma. Além disso, não é possível pular ou voltar músicas de uma playlist. Sem contar a necessidade de estar conectado à internet para fazer o acesso, impossibilitando salvar músicas para ouvir offline.

Para ter acesso a essas e outras funcionalidades, o usuário pode optar por uma das quatro modalidades de assinatura premium: o plano individual por R$16,90 mensais, o plano universitário por R$8,50 mensais, o plano Duo por 21,90 para duas pessoas e o Família por R$26,90 para até seis pessoas. 

Atualmente quem lidera os downloads no Brasil é o Spotify, então talvez seja interessante para os brasileiros e ouvintes de música brasileira apostarem nele.

O Spotify é multiplataformas. O aplicativo de músicas está disponível para Android, iOS, desktop, navegador e também está nas SmartTVs. Não para por aí, dá também pra instalar o Spotify no Smartwatch e no carro. 

Deezer

Com 56 milhões de músicas disponíveis para escutar, Deezer é outro aplicativo de músicas a ser considerado na sua escolha pelo melhor.

O plano gratuito permite que o usuário acesse listas de músicas, mas não dá a opção para escolher uma das canções específicas. A exibição de músicas do app, na modalidade gratuita, ocorre aleatoriamente sem a opção de escutar offline. 

Captura de tela do aplicativo de música Deezer

Esta situação é diferente ao selecionar um dos planos pagos. O Deezer permite que os usuários façam um teste de todas as funcionalidades por três meses sem ter nenhum gasto. Os planos começam a contar a partir do quarto mês de uso consecutivo, sendo eles: Deezer Premium por R$16,90 o mês, Deezer Family por R$26,90 e Deezer Student por R$8,45.

Além desses planos, clientes da operadora Tim, do banco Itaú e clientes Americanas Mais conseguem ter acesso a outros valores. Isto porque essas empresas possuem parceria com o Deezer e possibilita que os clientes tenham desconto no valor mensal ou abstenção total do pagamento. 

Captura de tela do site do Deezer

Este aplicativo de streaming de músicas e podcasts está disponível em diversas plataformas. Tanto para Android, quanto para iOS, Smart TVs, computadores e smartwatches.

Apple Music

O Apple Music é um aplicativo de músicas que inicialmente estava disponível apenas para dispositivos Apple. Hoje, o aplicativo de música também pode ser baixado em Androids.

Inicialmente, o serviço era semelhante ao iTunes, o qual usuários precisavam pagar por músicas e álbuns separadamente. Com o tempo a “maçã” passou a disponibilizar o Apple Music como método de assinatura, permitindo que os usuários pudessem escutar todas as músicas.

Os usuários do sistema operacional Android precisam baixar o Apple Music na Play Store. Já o aplicativo fica disponível nativamente nos dispositivos Apple, sem precisar fazer o download — a não ser que você tenha desinstalado.

Captura de tela do aplicativo de música Apple Music

O aplicativo de streaming de músicas da Apple, diferente de outros, só permite ouvir as músicas e acessar as funcionalidades mediante assinatura. 

Para aqueles que querem testar a plataforma, vale a pena fazer o teste gratuito de 3 meses. Após esse tempo será cobrado R$8,50 no plano universitário; R$16,90 no plano individual e R$24,90 no plano família. 

Youtube Music

Este talvez seja o caçula da lista de aplicativos de música.

Os usuários do Youtube estavam acostumados a assistir clipes de diversas músicas, mas ao sair do aplicativo a reprodução era interrompida. Com o Youtube Music, a plataforma anunciou que não haveria mais esse problema e que os usuários poderiam ouvir as músicas sem a exibição dos clipes.

Captura de tela do aplicativo de música Youtube Music

O aplicativo de músicas também permite que o usuário escute offline. No entanto, os downloads tem a validade de 30 dias no seu smartphone.

Disponível para Android e iOS, o Youtube Music pode ser testado gratuitamente por 1 mês. Após esse período, o usuário passa a pagar R$16,90 no plano individual; R$8,50 no plano universitário e R$25,50 no plano família para até 5 membros. 

Além disso, você pode usar o aplicativo no navegador, na sua Smart TV e outros Smart Devices.

Amazon Music

O Amazon Music é, como os outros, um aplicativo de streaming de música. Ele permite que você escute diversos artistas, playlists e singles a depender do seu plano. Mas, em se tratando de planos, possuem duas formas de adesão: o Prime Music e o Amazon Music Unlimited.

O Prime Music está incluso na assinatura de R$9,90 do Amazon Prime — pacote da Amazon que inclui frete grátis nos produtos da loja, descontos exclusivos e acesso a filmes e séries no Prime Video. No entanto, o Prime Music só disponibiliza ao usuário 2 milhões de músicas, enquanto o Music Unlimited dá acesso a todas as músicas da biblioteca.

Captura de tela do aplicativo de música Amazon Music

Para garantir a opção mais completa, o usuário precisa pagar R$16,90 pelo plano individual. O Amazon Music está disponível tanto para Android quanto para iOS, possui compatibilidade com os dispositivos Echo, Smart TVs e Smartwatches. 

A popularidade e a credibilidade da Amazon têm contribuído para que o Amazon Music se destaque cada vez mais e dispute com os outros aplicativos de streaming de músicas. 

Tidal

Comprado por ninguém mais ninguém menos que o rapper Jay-Z, Tidal é um aplicativo de streaming de músicas focado em qualidade. Isto porque a plataforma oferece planos voltados para a qualidade do som, não se preocupando somente com recursos offline e ausência de propagandas. 

Captura de tela do aplicativo de música Tidal

Com isso, os planos disponíveis para assinatura começam pelo Standard, em seguida HiFi e Master. Assim como o Apple Music, o Tidal  não oferece um plano gratuito com inserção de anúncios e limitação de ações. 

O usuário pode optar pela assinatura do Standard, com qualidade de som comum, por R$16,90. Para o plano família, com possibilidade de atender até 5 membros, o valor passa a ser R$25,35 e os estudantes podem adquirir por R$8,45.

Na modalidade HiFi, os valores sofrem um aumento, bem como a qualidade do som, que passa de 320 Kbps para 1411 Kbps. Veja a diferença:

Plano:IndividualFamília – 5 pessoasEstudante
StandardR$16,90R$25,35R$8,45
HiFiR$33,80R$50,70R$16,90

O Tidal é comandado por artistas. Por isso, é comum acontecerem lançamentos exclusivos da plataforma. Se você é fã de Alicia Keys, Beyoncé e Jay-Z, por exemplo, talvez você encontre um número maior de conteúdo destes artistas no Tidal em comparação com outros aplicativos de música. 

Além da opção do streaming de música, a plataforma também conta com vídeos e documentários de artistas, sendo mais um recurso diferencial. Esta funcionalidade é um grande bônus, mas o aplicativo ainda não possui uma grande variedade de videoclipes. 

Você pode baixar o Tidal no seu dispositivo Android e iOS, assim como pode instalá-lo na sua TV e utilizar no computador.

Resso

Talvez o Resso seja o aplicativo de streaming de músicas mais fora da curva. 

O algoritmo dele trabalha de uma forma mais individual que os demais e se diferencia pela possibilidade de compartilhar e comentar as faixas de música — recursos indisponíveis nos outros aplicativos. Os ouvintes conseguem compartilhar frases das canções de forma personalizada, com a possibilidade de edição de fonte e plano de fundo. 

Captura de tela do aplicativo de música Resso

O Resso talvez seja o caçula dessa lista. Ele também tem certo parentesco com o Tiktok, pois ambos são do mesmo dono. Talvez isso explique o fato do layout abrir mais espaço para fragmentos de vídeo que acompanham as músicas, como o Spotify anda fazendo.

O Resso, inicialmente, não cobrava para que os usuários conseguissem pular as músicas. Mas com o tempo essa possibilidade foi restrita aos assinantes do plano Premium por R$16,90 mensais.

Você pode fazer o download do aplicativo para Android e iOS ou, se preferir, pode acessar pelo navegador. 

SoundCloud

O SoundCloud talvez seja o aplicativo que mais possui variedade de conteúdo amador. Isto não é um ponto fraco, mas mostra que as pessoas publicam com mais facilidade nesta plataforma do que em outras. 

Além disso, como o Resso, o SoundCloud também possui uma aproximação com redes sociais. O aplicativo permite que os usuários compartilhem faixas de música, podcasts e artistas, dando sua opinião sobre eles e dividindo-os com os amigos.

Captura de tela do aplicativo de música Soundcloud

O plano gratuito do SounCloud já inclui a possibilidade de estar livre de anúncios e de escutar conteúdos offline. No entanto, não é possível acessar todos os conteúdos disponíveis na plataforma e com alta qualidade. Para isso, o aplicativo tem desenvolvido uma assinatura, o SoundCloud Go, que ainda não está disponível no Brasil. 

Se interessou neste aplicativo? Ele está disponível para Android e iOS e é fácil de utilizar no navegador do seu computador e do seu celular. 

No fim das contas, qual é melhor?

Os preços dos planos oferecidos pelos aplicativos de música são semelhantes. Por isso, a escolha por aderir a um deles deve levar em conta, principalmente, as funcionalidades e as bibliotecas que mais suprirem suas necessidades. 

AplicativoPlano individualPlano DuoPlano FamíliaPlano para Estudantes
SpotifyR$16,90R$21,90R$26,90 (6 pessoas)R$8,50
DeezerR$16,90R$26,90 (6 pessoas)R$8,45
Apple MusicR$16,90R$24,90(5 pessoas)R$8,50
Youtube Music R$16,90R$25,50(5 pessoas)R$8,50
Amazon Music:Prime MusicMusic Unlimited
incluso no Amazon Prime ou R$16,90


R$25,90(6 pessoas)

-R$8,50
Tidal:StandardHiFi
R$16,90R$33,80


R$25,35R$50,70(5 pessoas)

R$8,45R$16,90
RessoR$16,90
SoundCloudnão disponível 

Uma boa dica na hora da escolha é buscar pelos seus artistas favoritos em determinado aplicativo, mesmo que eles estejam disponíveis em várias plataformas. 

Observe também a popularidade do aplicativo de streaming de músicas de acordo com o seu país. O ranking da sua loja de aplicativos pode ajudar bastante nisso.

No fim, vale analisar todas as vantagens e desvantagens de cada aplicativo de streaming de músicas, funcionalidades e ver qual se encaixa melhor no seu gosto musical, no seu bolso e nas suas necessidades. 

E você, utiliza algum desses aplicativos? Conta pra gente o seu favorito e o que ele tem de interessante! 

Tópicos

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Junte-se a mais de 62.000 mil assinantes e tenha acesso a conteúdos exclusivos

Estamos contratando, venha conferir nossas vagas