ganhar-dinheiro-com-aplicativos

Ganhar dinheiro com aplicativos: modelos de monetização

Um dos pensamentos que persistem ao desenvolver e lançar um aplicativo é de como você obterá lucros com ele. Hoje vamos tratar de assunto de interesse geral: como ganhar dinheiro com aplicativos e modelos de monetização.

O que é monetização e como ganhar dinheiro com aplicativos?

Monetização é como o seu aplicativo receberá lucros. Mas antes de tudo, é preciso pensar em qual dos modelos existentes você pretende aplicar para começar a ganhar dinheiro.

Os mais comuns são:

Gratuito, mas com anúncios

Esse é o modelo mais usado e com certeza você já utilizou algum aplicativo que seguia essa linha. Ele funciona da seguinte maneira: o app é desenvolvido e publicado, a audiência é atraída e um público base é formado. A partir desses dados o publishers começa a divulgar o seu espaço para veicular anúncios que sejam de interesse para o seu público alvo. Um aplicativo muito usado que funciona dessa maneira é o 365Scores, que mostra resultados  de jogos esportivos.

Você fatura com a venda dos espaços publicitários, podendo fazer isto de forma independente ou se alinhando a uma Ad-network, como a AdMob da Google.

Freemium

Parecido com o modelo anterior, o aplicativo é oferecido de forma gratuita aos usuários. A sua diferença é que a monetização não virá dos anúncios, mas sim de vendas feitas dentro do próprio app. A maioria dos  jogos utiliza essa forma para ganhar dinheiro com aplicativos, como o Clash Royale que possui uma loja dentro do app.

É imprescindível que o usuário possua um público engajado com a marca para que as compras dentro do aplicativo não sejam vistas de forma negativa.

Aplicativos pagos

Como o nome já diz, a forma de monetização desse modelo é bem simples: para usar, tem que pagar. Os custos não seguem um padrão, mas é preciso observar se o preço que está sendo cobrado é compatível com o aplicativo, para que não ocorra uma desistência em relação aos usuários. Um aplicativo que funciona bem assim é o Minecraft Pocket.

O ponto positivo desse modelo é que o desenvolvedor receberá sua monetização de forma instantânea. O lado negativo é que aplicativos pagos podem acabar afastando potenciais clientes e tornando a sua base de usuários relativamente menor.

Gratuito com assinaturas

Nele, para o usuário receber um conteúdo periódico ou ter acesso a um serviço ele precisa pagar uma mensalidade. Esse modelo é muito comum para aplicativos de jornais e revistas, como o aplicativo da Exame.

Monetização de aplicativos

No final, cabe a você analisar o seu público alvo para ver qual forma de ganhar dinheiro com aplicativos combina mais com o seu objetivo. Por isso, é sempre importante pensar em estratégias que ajudarão nesse desenvolvimento.

E você tem uma ideia de um aplicativo, mas não sabe como desenvolvê-lo? Entre em contato para conversamos sobre esse processo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *