Os melhores meios de pagamento online para investir no seu negócio digital

Nos últimos dez anos, o número de empreendedores no Brasil mais que triplicou. Por um lado, isso é muito positivo na geração de oportunidades para vários tipos de negócios, principalmente na internet. Porém, a concorrência entre empresas de um mesmo segmento gera uma verdadeira disputa pelo consumidor. Nessa queda de braço, ganha quem adota as melhores estratégias para se destacar no mercado. Entre elas, está a ampliação dos meios de pagamento.

Nesse contexto, o consumidor se vê muitas vezes com dificuldades em fechar um negócio diante de tantas opções. A internet é um meio onde um mesmo serviço ou produtos muito similares são oferecidos por diversas empresas diferentes. Porém, o preço pode variar, bem como os prazos de entrega ou prestação do serviço. Acontece que, muitas vezes, o que determina a conclusão de uma compra é a facilidade na hora de pagar.  

Por isso, receber pagamentos virou uma questão estratégica para todo negócio online. Hoje em dia, o consumidor quer ter variadas formas para se relacionar com um negócio. O cliente pode querer enviar um e-mail, ou só conversar por mensagem direta em uma rede social. Do mesmo modo, às vezes, para o consumidor, é interessante comprar à vista no boleto em determinadas compras, enquanto outros têm preferência por parcelar no cartão. A liberdade na hora de comprar é característica do novo comportamento dos consumidores.

Para atender o cliente da melhor maneira, é preciso adaptar a empresa para utilizar meios de pagamento diferentes. Por isso, vamos falar sobre as melhores opções para receber pagamentos! Além disso, você entenderá como o empreendedor pode facilitar o processo  com a ajuda de plataformas de pagamento online. Já ouviu falar em intermediadores de pagamento? Então continue a leitura e descubra essa solução!

A cobrança pela internet na geração de oportunidades

Até pouco tempo, não era difícil encontrar quem tinha desconfiança em pagar uma conta pela internet. Com a popularização dos smartphones, essa tarefa passou a ser ainda mais confiável, assim como a segurança das transações. Nesse sentido, os bancos tiveram que se reinventar enquanto as lojas online incorporavam os sistemas de pagamentos online.

E você, oferece mais de uma forma de pagamento para seus clientes? Se ainda não, saiba que um sistema de pagamento online pode ser fundamental para ampliar seus negócios. Assim, serão mais oportunidades para fidelizar clientes e proporcionar melhores experiências com a empresa.

Além disso, um intermediador pode oferecer mais de uma opção de pagamento. A variedade ajuda porque qualquer tipo de negócio possui clientes dos mais diferentes perfis. Certamente, não dá para prever a situação financeira do consumidor no momento em que ele está apenas pesquisando. Nessa etapa da jornada de compra, o cliente não pode desistir. Por isso, é importante facilitar a conclusão de uma compra.

Assim, quanto mais meios de pagamento você disponibilizar, maior a quantidade de clientes que poderá absorver. 

Os 4 melhores meios de pagamento online para investir

Boleto bancário

O boleto bancário ainda é um dos meios de pagamento online mais frequentes entre as transações financeiras realizadas pelos brasileiros. O dado é do Sebrae, que realiza pesquisas a nível nacional sobre o varejo no Brasil. Na última edição da pesquisa, 75% dos estabelecimentos consultados ofereciam o boleto bancário como meio de pagamento.

Uma novidade que veio para somar nessa aceitação é a obrigatoriedade do registro de boletos em 2018. Agora, só é possível emitir boletos com registro, o que confere ainda mais segurança às transações. Nesse contexto, o empreendedor precisa enviar dados para o banco emissor, como o CPF ou CNPJ do pagador (sacado).

O boleto bancário possui diversas vantagens competitivas em relação a outros meios de pagamento. A primeira delas está no fato do consumidor conseguir pagá-los em diversos locais, como farmácias e correspondentes bancários, mesmo após a data de vencimento. Essa é uma ótima solução para aqueles que não possuem conta em banco e precisam realizar pagamentos de forma desburocratizada. Para o empreendedor, a emissão é ágil e tem um baixíssimo custo.

Outra vantagem do pagamento por boleto bancário é o estímulo às compras à vista, uma vez que é possível oferecer descontos. Além disso, a modalidade permite a cobrança de juros e multas por atraso, o que pode gerar ainda mais receita para o seu negócio.

Cartão de crédito

Hoje em dia, é difícil encontrar negócios físicos que não têm ao menos uma maquininha de cartão. Esse meio de pagamento é realidade em 5 em cada 10 pequenos negócios no Brasil, segundo o Sebrae. Já, quando falamos em compras feitas por smartphones, um outro levantamento mostra que 75% dos entrevistados utilizam cartões.

Nesse sentido, o cartão de crédito é um meio de pagamento bastante popular especialmente entre os consumidores que não conseguem pagar à vista. Uma vez que a opção permite o parcelamento, muitos clientes são fidelizados pela possibilidade de adequar o orçamento.

Porém, o empreendedor que utiliza essa estratégia precisa estar atento às bandeiras dos cartões. Isso porque a quantidade de bandeiras aceitas é diretamente proporcional à variedade de clientes que podem ser atraídos pelo método.

Carnê

O carnê é um meio de pagamento que pode ser resumido como um conjunto de boletos. Logo, esse método proporciona o parcelamento de valores de uma compra ou prestação de serviço.

O carnê é muito utilizado nos chamados negócios recorrentes, como é o caso de instituições de ensino, condomínios e provedores de internet, por exemplo. 

Assim com o boleto e o cartão, o pagamento por carnê é uma alternativa para lojas virtuais e profissionais autônomos que trabalham online. 

Assinatura

Por último, o meio de pagamento por assinatura é outra modalidade interessante para negócios que trabalham com pagamentos recorrentes. A assinatura tem como característica o pagamento mensal de boletos enviados automaticamente para o cliente. Além disso, é possível oferecer débitos automáticos realizados no cartão.

Quer exemplos práticos de serviços que oferecem o modelo de assinaturas? Netflix, Spotify e Bike Itaú. Os sistemas dessas empresas pedem os dados do cartão do cliente e assim conseguem realizar débitos mensais por um período pré determinado ou não. 

Mas, não pense que essa é uma exclusividade de serviços virtuais. Até escolas, portais de educação à distância e academias de ginástica trabalham com esse meio de pagamento.

O fato do pagamento ser recorrente não significa que as cobranças serão mensais. Elas podem seguir uma periodicidade trimestral, semestral, anual, e assim por diante. Nesse sentido, ao optar por um período maior de fidelidade, o cliente pode usufruir de descontos oferecidos pelo empreendedor. Por exemplo: se a mensalidade de uma academia custa R$ 100 por mês, ele poderia ter 10% de desconto ao optar por um plano anual. Assim, ao invés de pagar 1200 por 1 ano de serviço, pagaria apenas R$ 1080. Para o empreendedor, essa é uma ótima estratégia para garantir a fidelização do cliente por 1 ano de parceria.

Uma das vantagens de gerar assinatura é a automatização de todo o processo de pagamento, uma tendência entre empresas. Como dissemos, o principal benefício para o empresário é a garantia do pagamento e, com isso, a diminuição da inadimplência. Ainda mais, é possível fazer projeções de crescimento, uma vez que a previsibilidade das receitas é garantida com esse meio de pagamento.

O papel do intermediador para tornar o processo mais prático

Agora que conhece as principais formas de pagamento online, o que acha de reunir todas elas em uma única plataforma? Se você pensa que, para isso, terá que enfrentar burocracia, está enganado. Para facilitar o processo de recebimento de um negócio, existem os intermediadores de pagamentos, que agrupam várias soluções em um só lugar.

Os intermediadores são empresas especializadas na oferta de meios de pagamentos seguros. Assim, ao adotar um sistema de pagamento online, o empreendedor diversifica as formas de recebimento e não precisa negociar diretamente com bancos ou administradoras de cartão

Outra vantagem está na diminuição de chargebacks (suspensão da compra). Os chargebacks afetam as vendas nas quais a forma de pagamento escolhida pelo cliente é o cartão de crédito. Nesse contexto, um sistema de pagamento online garante o pagamento das vendas, o que deixa o empreendedor mais tranquilo em relação às receitas. 

A plataforma desenvolvida pela Gerencianet, por exemplo, possui ferramentas antifraude que proporcionam experiências mais seguras para clientes e empresários. Além disso, a empresa oferece uma análise de risco sobre as operações realizadas em ambientes virtuais.

Assim, ao comprar online, o consumidor se depara com um um processo mais simples e ágil. 

Na outra ponta, o empreendedor pode acompanhar o histórico da cobrança e até receber notificações sobre as transações online. Assim, ele não precisa ter retrabalhos, uma vez que o intermediador de pagamentos automatiza as cobranças.Se você é empreendedor e precisa melhorar a gestão financeira do seu negócio, a hora é agora. Além de adotar outros meios de pagamento, é possível seguir outras 7 práticas essenciais para otimizar recursos humanos e financeiros. Por isso, descubra os principais erros da gestão financeira e como adotar as melhores práticas neste sentido. Boa leitura!


  • Convidado Especial
  • Como o foco aqui na Usemobile é sempre a qualidade, nosso conteúdo não poderia ser diferente. Pensando nisso, contamos com o apoio de especialistas em diversas áreas para trazer materiais cada vez mais ricos. Caso você tenha interesse em publicar conteúdo no nosso blog, mande uma mensagem em www.usemobile.com.br/contato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *