Controle financeiro: tenha mais dinheiro em 2019

Nas suas resoluções de Ano Novo consta “controle financeiro” e não sabe por onde começar? Vem ler esse artigo que a gente te ajuda!

Todo início de ano é a mesma coisa, fazemos nossas listinhas de metas e o “controle  financeiro” ou “ter mais dinheiro no bolso” está sempre lá. Então, começa janeiro, aquele monte de despesa que a gente já conhece, e parece que a meta vai por água à baixo logo no primeiro mês. Mas não se apavore, com um pouquinho de disciplina e umas dicas quentes, seu 2019 vai terminar no azul.

Primeiro, como está a sua conta corrente? Tem saldo? Então a primeira dica vai agora…

#1 – PAGUE TUDO!

A maioria dos tributos anuais (IPTU, IPVA…) tem desconto pra quem paga a vista. Ok, já estou ouvindo você dizer: “Mas é melhor deixar o dinheiro aplicado e pagar parcelado”. NÃÃÃOO!!! Vamos fazer as contas?

Um super investimento atualmente tem rendido por volta de 0,5% a.m.. O IPVAMG, por exemplo, pode ser pago em 3 vezes, ou à vista com desconto de de 3%.

Em 3 meses, numa conta muito simples, o seu dinheiro vai render 1,5%. Então, se você pagar a vista ainda conseguirá lucrar 1,5%! Viu?!?! Mesmo com esse desconto michuruca ainda vale a pena pagar a vista. Além disso, escolas costumam dar desconto para quem antecipa as mensalidades, lojas dão desconto para quem paga a vista (tem que aprender a pechinchar, né?!)

Mas se 2018 foi um ano difícil e a conta tá mais vermelha que extintor de incêndio, então vamos para a segunda dica:

#2 – RENEGOCIE AS DÍVIDAS!

Vou te contar um segredo: Todo credor está DOIDO pra receber. Está devendo o cartão e cheque especial? Vai lá no banco. Conversa com seu gerente. Tenho certeza que ele vai te propor alguma coisa melhor do que você tem hoje. O problema é que a maioria dos devedores age como se a dívida não existisse, ou como se ela fosse sumir por mágica e isso non ecxiste!

Essa dica vale do banco ao boteco da esquina, se está devendo vá lá renegociar, peça desconto, parcelamento, explique sua situação. Mostrar que está interessado em pagar já muda todo o contexto.

#3 – CORTE GASTOS.

Essa todo mundo diz que sabe, e todo mundo diz que não tem onde cortar mais. Mas eu lhes digo: Tem sim, ahhhh, e como tem!

Já olhou o seu pacote da TV a cabo? E o plano da operadora de celular? A tarifa de manutenção de conta no banco? A anuidade do cartão de crédito? Mudar o dia do cinema para os dias promocionais? Aquela esteira que virou cabideiro, bora vender?

Viu?! Nem precisa cortar muitos prazeres, na maioria das vezes são só pequenas adaptações que no final do mês já ajudam bastante. Agora, se o seu caso não está assim tão grave, e até sobrou um dinheirinho de 2018, a quarta dica é pra você:

#4 – INVISTA.

Repete comigo: Poupança não é investimento. Doeu, né?!?! Eu sei, a verdade dói mesmo! Gente, a poupança tá “rendendo” 0,32% a.m.., isso não cobre nem a inflação e  ainda tem que esperar 30 dias para receber quase nada de retorno.

Procure investimentos mais rentáveis. Não conhece nada de mercado financeiro? Depois a gente pode até conversar melhor sobre isso, mas por agora, tente ao menos trocar a poupança por LCA ou LCI, mas faça uma pesquisa entre os bancos. A variação de “pagamento de rentabilidade”  é enorme entre eles.

Se você fez essa lição de casa financeira, saneou as suas contas, investiu melhor o dinheiro que você já tinha, nós vamos para a última e mais importante das dicas:

#5 – CRIE O HÁBITO DE POUPAR.

Aquela história de “o que sobrar eu guardo” é a maior lorota do planeta, por quê a gente sabe, né?! Não sobra, amigo! O pensamento tem que ser: “Assim que meu salário “cair” eu tiro X% e vou me virar com o resto.”

Essa porcentagem você vai definir. O ideal  que seja, no mínimo, 15% do seu salário.

E aí vai, como incentivo, a melhor frase que eu já escutei na vida: “Melhor que gastar um milhão, é só juntar um milhão!!!”

#6 – USE FERRAMENTAS PARA TE AJUDAR

Fazer conta de cabeça já é uma tarefa difícil, agora imagine além de ter que lembrar cada conta paga, rendimento de cada investimento e cada despesa. Qualquer um fica louco com tantos números. Por isso, recomendamos que você utilize alguma ferramenta: seja um caderninho, uma planilha no excel ou….

Aplicativos que te ajudarão a poupar dinheiro em 2019

Guia Bolso

O Guia Bolso é uma aplicativo para as plataformas Android e iOS, basta cadastrar seu banco e ele já separa todas suas compras e rendimentos, separando-os por categorias. Dessa forma, você consegue saber com exatidão onde está gastando muito, tornando mais  fácil o corte dos gastos.

Bill Reminder

Você é aquela pessoa que sempre esquece de pagar uma conta? Então esse aplicativo é para você. Disponível apenas para Android, nele é possível criar um calendário para as faturas e boletos em aberto e programar o pagamento de despesas fixas. Além disso, o app te envia notificações sempre que estiver perto de uma data de pagamento.

App do seu banco

Muitas pessoas não sabem, mas a maioria dos apps bancários possuem uma seção própria para ajudar o usuário a controlar os gastos. Isso é bom porque, você não precisa baixar diversos apps, além de que seu dinheiro está, provavelmente, todo neste banco.

Pois é, gente, mágica não tem, mas com essas dicas e um pouquinho de disciplina a meta de terminar 2019 com mais dinheiro no bolso vai ficar bem mais fácil. Bora juntar um milhão?


  • Tatiana Bartolomeu
  • Analista Financeira
  • Ansiosa e perfeccionista como toda boa virginiana. Fisioterapeuta por formação, mas descobri no mercado financeiro minha grande paixão. Pós graduada em Economia e Finanças, com certificação CPA-10 e CPA-20 pela ANBIMA. Viagens, vinhos, livros, gráficos, balancetes e amigos.... esse é meu mundo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *