aplicativos-de-carona

Como fazer aplicativos de carona

Com o aumento constante do número de veículos circulando nas ruas e custos de manutenção de automóveis, não é surpresa que as pessoas procurem formas cada vez mais práticas, baratas e confortáveis de locomoção. Uma crescente é a utilização dos aplicativos de ridesharing, ou seja, de viagens compartilhadas entre vários passageiros: em San Francisco (CA), 50% dos trajetos realizados pelo Uber já envolvem esse tipo de serviço. Outra tendência surge das viagens compartilhadas realizadas pelos aplicativos de carona.

No sistema de caronas (carpool), os motoristas não oferecem quaisquer serviços on demand e nem obtêm lucro com as viagens: eles irão percorrer determinado trajeto, independentemente dos passageiros. O que eles fazem é oferecer os assentos vazios dos seus automóveis, dividindo com os passageiros os custos do combustível. De acordo com o Rideshare, cada carpool com quatro passageiros pode reduzir a emissão de gases de efeito estufa no equivalente a 500 galões de gasolina.

Além de eco-friendly, os aplicativos de carona podem reduzir o número de veículos nas rodovias em assustadores 75% sem diminuir a velocidade do tráfego, como estimou um algoritmo desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology no ano passado. De acordo com os pesquisadores da universidade, 2000 carros levando quatro pessoas atenderiam 95% da demanda por táxis em Nova Iorque, com um tempo de espera inferior a três minutos.

aplicativos de carona - carpooling

Nesse mercado cada vez mais amplo, a tecnologia surge como aliada para facilitar a vida de quem pretende se beneficiar desse serviço. Veja a seguir o que você precisa fazer para criar um aplicativo de sucesso.

Entendendo o mercado

O primeiro passo é escolher o público a quem os aplicativos de carona podem servir. Seu app pode ter como foco um grupo de interesse específico ou ser feito para uma empresa, organizando caronas entre funcionários. Esse sistema é vantajoso para os empregados por oferecer mais flexibilidade nos horários de saída e possibilidades de viagem; as corporações se beneficiam também com a economia de gastos com serviços de estacionamento, e da segurança proporcionada pela familiaridade entre motorista e passageiro.

Outro modelo de aplicativo de carona é o de trajetos longos, que possibilita a união de motoristas e passageiros dispostos a viajar para outras cidades ou até países juntos. O modelo mais comum é o de trajetos curtos, com viagens rápidas dentro de cidades, como no modelo táxi ou Uber. A diferença é que os motoristas não levam os passageiros on demand e também não lucram com os percursos.

É importante planejar se você irá oferecer um serviço de nicho ou versátil, atendendo a vários perfis distintos. Entenda as relações entre esses perfis, os interesses do seu público, sua faixa etária, o gênero de rotas (lazer, trabalho, etc.) mais comuns e em que dias da semana ou períodos do dia existe maior utilização do serviço.

Estude o mercado e avalie serviços de carona que já existem. Pergunte:

  • Que recursos podem ser melhorados ou são desnecessários e podem ser retirados?
  • O que funciona ou não funciona, entre características planejadas e executadas?
  • Que tecnologias e instrumentos esses desenvolvedores utilizam? Há meios mais rentáveis ou de maior custo-benefício?
  • Quais são os elogios e críticas feitas aos aplicativos?
  • Serviços dessa natureza são naturalmente competitivos, então é necessário ponderar e enfatizar os fatores chave para desenvolver um aplicativo diferenciado e único.

8 fatores chave para garantir o sucesso de aplicativos de carona

1. Flexibilidade

Você deve proporcionar um serviço igualmente vantajoso para os dois tipos de usuários, feito sob medida para os que desejem utilizar o aplicativo tanto como motoristas ou passageiros. Os motoristas devem poder se afastar dos trajetos para buscar passageiros, e os passageiros ter uma forma de negociar janelas de horário, por exemplo.

2. Marketing

Compreendendo seu público você saberá em que vantagens ele está interessado, e quais são as melhores estratégias para convencê-lo a utilizar seu aplicativo ao invés de um concorrente. Esse tipo de serviço automaticamente já agrada a um público interessado em ecologia e soluções sustentáveis para o deslocamento urbano, por exemplo.

3. Personalização

Uma vez que o número de motoristas e passageiros aumente no sistema, ambos os tipos de clientes poderão filtrar demandas mais específicas – como um carro mais silencioso, número limitado de viajantes, opções para fumantes, etc. Seu app deve possibilitar formas de categorizar e agrupar seu público por grupos de interesse, locais e trajetos semelhantes, relacionamentos, locais de trabalho, entre outros.

4. Versatilidade no pagamento

Ofereça aos clientes a possibilidade de pagar as viagens sem troca de dinheiro físico, e vice-versa.

5. Plataforma confiável

É crucial manter um mecanismo de busca rápido, que seja constantemente corrigido e atualizado. O mesmo equivale para o sistema de GPS integrado no sistema.

6. Sistema inteligente

O sistema do aplicativo precisa ser capaz de aprender e de se aprimorar, através da inserção de um mecanismo para reunir feedback. Os usuários devem poder avaliar (além de bloquear) uns aos outros, além dos próprios recursos do app, e entrar facilmente em contato com o suporte caso haja necessidade.

7. Monetização

A maneira mais fácil de lucrar com um aplicativo de viagem compartilhada é através do uso de propagandas. Você alternativamente pode oferecer benefícios exclusivos a clientes que resolverem pagar pelo app, como em um serviço premium.

monetização aplicativos de carona

8. Segurança

Como estamos falando de pessoas que não são contratadas por você, mas apenas utilizam do seu serviço como mediador das caronas, os usuários podem encontrar uma série de problemas que podem ser evitados com critérios mais rígidos de fiscalização. Passageiros podem tentar pagar menos pelas viagens ou até mesmo visitar locais fora do trajeto planejado. Da mesma forma, motoristas podem cobrar preços altos por trajetos curtos ou levar mais passageiros do que o combinado. É importante que as informações dos usuários estejam abertamente disponíveis em seus perfis e que os mal avaliados ou denunciados sejam punidos.

Recursos dos aplicativos de carona

Diversas funções podem ser integradas aos aplicativos de carona, por isso é importante saber quais são as mais adequadas de acordo com seu público e objetivo. Partindo de um menu principal, essas abas podem incluir:

Perfil do Usuário com informações, avaliações e vínculo às redes sociais para maior segurança de motoristas e passageiros;

Buscar Viagem, segundo critérios mais ou menos específicos de acordo com o modelo do app;

Oferecer Carona, onde o motorista pode especificar detalhes sobre o trajeto e sua flexibilidade em relação a desvios do percurso e janelas de horário;

Detalhes da Viagem, com possibilidade do passageiro checar data, horário, rota (com visualização integrada de mapa), preço por passageiro, número de vagas possíveis e quantidade de bagagem permitida, além de ter acesso ao perfil e à avaliação do motorista e dos outros passageiros;

Histórico, com detalhes de todas as viagens realizadas;

Avaliações, onde o passageiro ou motorista pode avaliar e emitir opiniões acerca de seus trajetos;

avaliação por estrelas

Chat ou algum canal de comunicação direto entre motorista e passageiro;

Notificações para quaisquer mudanças na viagem ou se mensagens forem recebidas;

Grupos, em que passageiros e motoristas que façam rotineiramente os mesmos percursos ou tenham tido boas experiências uns com os outros possam se organizar em grupos fixos de forma prática

Sugestões de Viagens baseadas no Histórico do usuário;

Ranking dos melhores motoristas de acordo com as avaliações dadas pelos passageiros;

Volta garantida para clientes premium. Se um motorista por algum motivo não aparecer, o aplicativo enviará ao passageiro um ticket para outro serviço de transporte, como Uber ou um táxi. Isso dará confiança ao usuário e ele não precisará se preocupar com imprevistos.

Agora você já sabe tudo o que seu aplicativo de carona precisa para ser bem-sucedido e se destacar no mercado. Quer botar suas ideias em prática? Entre em contato com a gente!

Como fazer aplicativos de carona
5 (100%) 1 vote

  • Caio Aniceto
  • Estudante de Jornalismo. Protótipo de artista. Gamer, cinéfilo e comediante nas horas vagas. Amante do marketing criativo, das campanhas virais e das narrativas transmídia. Praticante das ciências ocultas e defensor inveterado da Tecnocracia. Jura que foi um androide na vida anterior.